10 dicas de pessoas que pagaram uma quantia incrível de dívidas

Com ou sem a instabilidade do mercado o fato é que a maioria das pessoas não conseguem lidar bem com suas dívidas. Se uma dívida pesada é uma característica das finanças de sua família, você certamente não está sozinho.

Em um esforço para inspirá-lo a ter uma boa forma financeira, aqui estão algumas dicas inspiradoras de famílias e indivíduos que pagaram ou reduziram significativamente suas dívidas. (Em alguns casos, o valor da dívida liquidada chegou a seis dígitos.)

10 dicas de pessoas que pagaram uma quantia incrível de dívidas
Foto: (reprodução/internet)

Veja também: Construindo riqueza como pais em tempos de incerteza

1. Peça taxas de juros mais baixas (em tudo)

Depois de terminar a pós-graduação, descobri que estava muito endividado e sem renda estável, de modo que minha primeira tarefa foi encontrar uma maneira de tornar minha dívida mais administrável. Um primeiro passo, e muito simples, que qualquer pessoa pode dar é simplesmente tentar negociar taxas de juros mais baixas sobre sua dívida. 

Isso funciona melhor se você ainda não atrasou os pagamentos, pois terá vantagem com os credores, mas mesmo que sua dívida esteja vencida, vale a pena explicar sua situação e pedir uma redução nas taxas de juros. 

Mesmo meio ponto perdido aqui ou ali aumenta se a sua dívida for significativa e requer tão pouco esforço para ser cumprida, que depende de você se você ainda não tentou isso.

2. Negocie contas médicas

Certa vez, cometi o erro terrível de procurar tratamento médico sem ter plano de saúde e, ah, isso me custou. Diante do que parecia ser contas médicas insuperáveis e uma renda relativamente escassa, fiz a única coisa que pude: liguei para os prestadores de serviços médicos e pedi ajuda. 

Expliquei que queria pagar minhas contas, mas simplesmente não tinha como pagar integralmente no momento. Mal sabia eu que muitos grandes hospitais ou organizações de saúde oferecem assistência financeira aos pacientes, assistência que pode incluir perdoar algumas das suas dívidas. 

O perdão parcial da dívida pode até mesmo ser estendido a algumas famílias sem condições de sanar as dívidas.

3. Assuma o controle dos empréstimos estudantis

Quando terminei a faculdade, tinha uma mistura desagradável de empréstimos estudantis federais com um pagamento mínimo tão alto que não sabia se conseguiria fazer o pagamento integral. Isso não precisa ser o seu caso. Os empréstimos federais, em particular, oferecem tantos planos de pagamento sensíveis que se ajustam a suas condições de pagamentos.

Se informe, procure por opções desconhecidas, não ignore a dívida.

4. Priorize seus gastos

Se você está lendo este artigo, é provável que tenha que viver dentro do orçamento. Isso significa aprender a priorizar seus gastos (o que é muito mais importante se você tiver dívidas pesadas). Se você está pagando dívidas, não pode ter tudo. Mas isso não significa que todos os dias tenham que ser um exercício de privação extrema.

Selecione uma ou duas áreas de seu orçamento nas quais você se sinta confortável com muito menos e corte-as primeiro. Para mim, uma casa grande não era uma prioridade, então aprendi a morar em apartamentos pequenos (e com preços acessíveis), o que me permitiu aumentar as economias. 

Talvez, no seu caso, você não perca por comer fora com frequência ou comprar a tecnologia mais recente. O objetivo é determinar as coisas das quais você pode viver sem e fazer os cortes mais profundos nessas áreas primeiro, trabalhando para trás até atingir as áreas do orçamento que são prioridades definidas e onde os cortes devem ser minimizados.

5. Torne-se um superstar de pontos e recompensas

Este ano, levei seis parentes do exterior para assistir ao batismo de meu filho, todos usando milhas aéreas acumuladas em bônus de inscrição de cartão de crédito. Também recebi 5 por cento em dinheiro de volta em todas as refeições comemorativas que comprei usando um cartão de crédito de recompensas. 

Diariamente, também compro cartões-presente usados para fazer compras e jantar, uso os cartões de fidelidade em quase todas as lojas que frequento e peço por descontos e cupons sempre que possível.

Tudo isso soa como um aborrecimento, mas realmente não é; você pode armazenar todos os seus cartões de fidelidade em seu telefone usando um suporte de cartão virtual e evitar carregá-los na carteira. Mantenha apenas dois ou três cartões de crédito em rotação para ganhar uma combinação de milhas, pontos e dinheiro de volta. 

Em média, os usuários podem economizar algumas centenas de reais por cartão anualmente, usando recompensas em dinheiro; milhas aéreas ou cartões de pontos de hotel. Todas as economias podem ir para a redução da dívida.

Depois de reparar completamente seu crédito, você pode se qualificar para recompensas ainda maiores. É claro que você nunca deve solicitar novos cartões antes de corrigir suas finanças.

Atenção! Continua na parte 2…

Veja também: Como ajudar sua família a enriquecer por gerações

Traduzido e adaptado por equipe Cotação Seguro

Fonte: Wise Bread