4 maneiras de consolidar dívidas de cartão de crédito

ANÚNCIO

Se você está lutando contra dívidas de cartão de crédito, você não está sozinho. De acordo com a pesquisa da CNC, 67% das famílias brasileiras têm dívida com bancos, cartão ou crediário.

4 maneiras de consolidar dívidas de cartão de crédito
Foto: (reprodução/internet)

É fácil tornar a dívida do cartão de crédito incontrolável. Uma das melhores maneiras de saldar dívidas distribuídas por vários cartões de crédito é por meio da consolidação.

ANÚNCIO

Isso quer dizer que você estará pagando parcelado mensalmente além de poder conseguir juros mais baixos, o que ajudará a quitar a dívida do cartão de crédito mais rapidamente.

Parece algo a qual você precisa? Saiba mais sobre como você pode se livrar de dívidas de cartão de crédito.

1. Crie um Plano de Gestão da Dívida

Com a ajuda de uma organização de aconselhamento de crédito, você pode criar um plano de gerenciamento de dívidas (PGD) que consolida seus pagamentos com cartão de crédito.

ANÚNCIO

Embora isso não consolide a dívida em si, ajudará a facilitar o pagamento da dívida. Normalmente, a execução de um PGD envolve fazer um pagamento ao seu conselheiro de crédito, que ele usará para saldar suas dívidas em vários cartões de crédito.

Prós:

  • A maioria dos conselheiros de crédito examinará sua situação financeira e recomendará o melhor curso de ação para você.
  • Os PGDs permitem que você pague sua dívida mais rápido do que se você fizesse pagamentos mínimos com seus cartões de crédito.
  • A organização pode negociar taxas de juros mais baixas ou pagamentos mensais para você.

Contras:

  • Você pode precisar pagar uma taxa pelo aconselhamento de crédito, além dos pagamentos mensais.
  • Alguns conselheiros de crédito exigem que você feche a conta do cartão de crédito após o pagamento, o que pode prejudicar seu crédito.

2. Transfira o saldo do cartão

Transferir seu saldo para um cartão com melhores termos, condições e taxas de juros pode ser útil para reduzir o pagamento de juros.

Alguns cartões de crédito têm ofertas iniciais de 0% de juros sobre os saldos transferidos por um determinado período. Se você está procurando uma maneira sem juros de consolidar sua dívida de cartão de crédito, isso é pelo menos temporário.

Prós:

  • O pagamento de sua dívida dentro da janela de juros de 0% permite que você evite juros compostos.
  • Encontrar um cartão com uma taxa introdutória de transferência de saldo gratuita permite que você negue totalmente os custos deste método de consolidação da dívida.
  • Um novo cartão de crédito pode agregar valor em termos de benefícios, recompensas e pontuação de crédito, se usado de maneira responsável.

Contras:

  • Este método requer crédito decente para ser executado.
  • Dependendo de sua linha de crédito no novo cartão, você pode não ser capaz de consolidar todas as suas dívidas de cartão de crédito.
  • Alguns cartões cobram uma taxa de transferência de saldo, que pode ser substancial dependendo dos termos.
  • Você deve pagar a dívida dentro do período introdutório de 0% para evitar a cobrança de juros.
4 maneiras de consolidar dívidas de cartão de crédito
Foto: (reprodução/internet)

3. Faça um empréstimo de consolidação de cartão de crédito

Também conhecido como empréstimos pessoais, um empréstimo de consolidação de cartão de crédito permite que você pague sua dívida com uma taxa de juros mais baixa ou pague-a mais rapidamente.

Normalmente, você deseja solicitar esse empréstimo a um banco local, cooperativa de crédito ou credor online para receber as melhores taxas e termos.

A maioria dos especialistas em finanças recomenda falar primeiro com as cooperativas de crédito locais.

As cooperativas de crédito tendem a oferecer os termos de empréstimo mais flexíveis e taxas de juros mais baixas, especialmente se sua pontuação de crédito for baixa.

Prós:

  • A pré-qualificação para empréstimos pessoais permite que você compare taxas de juros e termos de empréstimo sem prejudicar seu crédito e potencialmente prejudicar sua pontuação de crédito.
  • Pagamentos fixos e taxas de juros permitem que você saiba exatamente quanto você precisa pagar a cada mês e quando a dívida será paga.
  • Os empréstimos de consolidação de cartão de crédito não são garantidos, o que significa que eles não podem ir atrás de sua casa, veículos ou outros ativos se você não pagar o empréstimo.

Contras:

  • Se você tiver um crédito ruim, será cotado a taxas de juros mais altas e seus empréstimos provavelmente serão mais altos.
  • O valor máximo do seu empréstimo será menor do que outros tipos de empréstimos porque não é garantido.
  • Pode ser cobrada uma taxa única de originação, que pode ser cara se você tiver muitas dívidas para pagar.

4. Peça emprestado de sua aposentadoria

Se você tiver uma conta de aposentadoria, poderá usar esse dinheiro para consolidar sua dívida de cartão de crédito. Essa normalmente é uma última opção pra quitação de dívida já que é bem arriscada.

Alguns especialistas financeiros recomendam nunca recorrer a essa opção, pois ela pode ter um impacto negativo em seus planos de aposentadoria, impostos e muito mais.

Prós:

  • Você não precisa de um bom crédito para pedir dinheiro emprestado ao seu fundo de aposentadoria
  • Este tipo de empréstimo não afetará seu relatório de crédito
  • Alguns planos de aposentadoria não têm multas para retirada antecipada de fundos
  • Os pagamentos normalmente vêm na forma de deduções automáticas na folha de pagamento, o que significa que não há necessidade de se preocupar com as datas de vencimento do pagamento

Contras:

  • Você só pode pedir emprestado até a metade do saldo da sua conta e não além de $ 50.000
  • Se você perder ou deixar seu emprego, todo o saldo do seu empréstimo vencerá dentro de alguns meses
  • Se você não pagar seu empréstimo dentro do período de tempo designado, o saldo restante será tributado e sujeito a altas multas
  • Retirar do seu 401 (k) ou outra conta de aposentadoria pode ter impactos de longo prazo em sua aposentadoria

Veja também: 6 etapas para evitar dívidas de cartão de crédito durante as férias

Como escolher um método de consolidação

Existem várias maneiras de consolidar dívidas de cartão de crédito, mas nem todos os métodos são adequados para todos.

A seleção do melhor método de consolidação da dívida dependerá de uma variedade de fatores, incluindo quanta dívida você tem atualmente, pontuação de crédito e situação financeira individual, bem como seus objetivos gerais e nível de autodisciplina.

Entender todas essa circuntânceas pode te auxiliar a escolher e utilizar a melhor maneira para você quitar suas dívidas para sempre.

Traduzido e adaptado por equipe Cotação Seguro

Fonte: The Street

ANÚNCIO