7 fatores importantíssimos que influenciam no valor do seguro de carros

Se você é uma daquelas pessoas que acham que apenas a idade influência no preço do seguro de carro, é melhor ler este artigo agora mesmo. Você vai ver que existem vários outros fatores que também são importantes para que seja feito o cálculo do serviço.

Confira a leitura integral e fique mais atento da próxima vez que for cotar o seguro do seu carro, considerando que é preciso fornecer todas as informações corretamente para o seu corretor para que você não tenha problemas no futuro.

7 fatores importantíssimos que influenciam no valor do seguro de carros

1 – A Idade

A idade do motorista é um dos fatores que sempre vai ser importante para o valor final do seguro de carros. Por exemplo, maiores de 25 anos pagam menos do que aqueles que tem até essa idade. O motivo é a inexperiência.

Outro bom exemplo é que quem tem mais de 10 anos de carteira de motorista costuma ter melhores valores em algumas seguradoras.

Agora, o que pouca gente sabe é que as pessoas que moram com você ou que dirigem o seu carro também podem influenciar no valor do seguro. Isso porque se elas tiverem menos de 25 anos, o seguro ficará mais caro – mesmo que não sejam motoristas habituais do veículo.

PROPAGANDA

2 – O Gênero

Outro fator importante e que influência no valor do seguro de veículos é o gênero. Homens se envolvem mais em acidentes do que mulheres e aí já dá para saber porque a diferença. Hoje, o “desconto” é menor do que antigamente, mas ainda existe.

3 – O Estado Civil

Solteiros e divorciados pagam mais caro no seguro do que os casados, sabia? Ainda que não se tenha provas disso, há índices de sinistros que mostram que não casados estão mais sujeitos aos incidentes de trânsito por terem vida social mais agitada.

4 – O Local

O local onde o motorista mora, onde frequente, onde estuda e onde trabalha também tem a ver com o valor do seguro. Isso pesa no cálculo porque há regiões que sofrem mais com assaltos e batidas, por exemplo.

Para se ter uma ideia, quem mora em apartamentos de condomínios fechados paga menos do que quem mora em casa, onde a segurança é menor, ainda que exista cercas elétricas e câmeras de seguranças.

5 – O Tipo de Carro

Os modelos mais visados por ladrões são os mais caros. E isso acaba sendo mais importante do que, propriamente, o ano do veículo. O valor tende a ser maior também para carros que tem manutenção e conserto mais caros, como os importados e os antigos (fora de linha).

6 – As Infrações

As infrações de trânsitos, como multas, também pesam no valor do seguro. Portanto, atenção quando for fazer a sua cotação. Os pontos na carteira de motorista podem ser determinantes para o não recebimento de descontos no valor das parcelas.

7 – O Uso do Veículo

Por fim, um último ponto importantíssimo para quem vai cotar o seguro ou contratar o seguro é sobre o uso do veículo. Então, quem usa mais, obviamente, pagará mais também. Já quem usa apenas aos finais de semana, pagará menos.

PROPAGANDA