Quando acionar o seguro de carro?

No momento de acionar um seguro existem preocupações ainda maiores e acabamos esquecendo de fazê-lo. Os seguros para autos são, normalmente, para 2 finalidades: roubo/ furto ou colisão.

Essas situações são terríveis e passa por despercebido o tempo que temos para acionar o seguro e ter direitos que pagamos e, então, poderemos utilizar. Se passar o tempo… Pode ser até que perdemos o nosso direito.

Quando acionar o seguro de carro?

Mostraremos a seguir algumas situações que exigem reações específicas, o que fazer em caso de colisão, o que fazer em caso de roubos, como reagir quando não é o culpado pela colisão e, claro, o tempo que tem para acionar o seguro do seu auto.

Motivos para ter o seguro para autos

Não há nada melhor do que zelar por esse bem tão querido, certo? Por isso, contratar um seguro para autos é uma solução que prolongará o sonho, assim ele permanecerá uma realidade.

Ao contratar uma agência de seguros, é importante verificar alguns recursos que estão presentes no contrato e se vale apenas colocar adicionais que farão com que você fique mais seguro e não gaste tanto dinheiro nos momentos ruins.

PROPAGANDA

Quando acionar o seguro para o veículo?

Se você optou pelo serviço completo e faz pagamento em dia, todas as ferramentas que a empresa contratada oferece estarão ao seu dispor.

Mas, se optou por um plano mais simples, sem muitos motivos acreditando que não os precisará e torcemos também por isso mesmo, saiba que as ferramentas serão mais restritas para o seu perfil.

Contudo, só o fato de ter um seguro contratado, o garantirá, de fato, uma segurança e conforto.

O que fazer em caso de colisão?

Se você se envolveu em um acidente, mas não foi quem o provocou, preparamos a segui um tópico exclusivo para você.

Já se foi você quem provocou o acidente, a primeira coisa que você deve fazer, sem sombras de dúvida, é verificar o seu estado físico e emocional e também as outras pessoas que estejam no veículo, se houver.

Após perceber o estado de todos, o ideal é fazer um boletim de ocorrência, o famoso B.O., pois com ele você poderá acionar o seguro imediatamente tendo provas.

O que fazer em caso de roubo ou furtos?

O Boletim de Ocorrência, ou B.O., é mais que uma opção, é um dever.

Te aconselhamos a registrar a ocorrência na delegacia mais próxima o mais rápido possível.

Com o comprovante da ocorrência em mãos, você poderá imediatamente acionar a agência de seguros contratada.

O que fazer em caso de colisão passiva?

Se você se envolveu em um acidente, mas não foi quem o provocou, como já deve saber, o responsável pelo reparo do carro ou demais estragos será de quem provocou o acidente.

Ele quem deverá acionar a seguradora dele e providenciar todos os reparos, se o indivíduo não possuir seguro, aconselhamos que, após fazer o B.O.

E uma boa ideia é você registrar em fotos ou vídeos da situação do veículo e fazer diferentes orçamentos e escolher o mais barato, a conta deverá ser paga pelo agente do ocorrido.

Para todos os casos, o tempo limite é de 3 anos, mas aconselhamos que faça o mais rápido possível para ter os seus direitos reservados.

PROPAGANDA