Confira esse guia para colocar as finanças em dia em 2020

ANÚNCIO

Entre as promessas que foram feitas na virada do ano, com certeza a de colocar as finanças em dia estava lá. Talvez não foi tão comum como a de ganhar na loteria. Ainda assim, muita gente está preocupada com as finanças para este novo ano que se inicia.

Por isso, a nossa equipe criou este conteúdo. A ideia é que você veja que melhorar as finanças ou deixa-las em dia pode ser bem menos complicado do que parece. Pequenas atitudes fazem a diferença no fim das contas.

ANÚNCIO

E mesmo que você já tenha notado que janeiro está cheio de contas a pagar, saiba que dá para melhorar as finanças da família toda. Existem alternativas. O importante é você começar a pensar nisso agora mesmo, que está no começo do ano. Saiba mais.

RECONHECIMENTO

Reconhecer como foi o seu ano de 2019 é o primeiro passo para colocar as finanças em dia. E não é só isso. Você tem que fazer um verdadeiro raio-x de como está a sua vida financeira agora. Ainda mais nesse primeiro mês do ano, que é cheio de contas a pagar.

Como fazer isso? É mais fácil do que você poderia imaginar. Primeiro, você tem que somar toda a renda da família. Depois, subtrair pelos gastos. Tem que ser todos os gastos mesmo. Assim, você terá uma boa ideia de como anda as finanças domésticas.

ANÚNCIO

Esse diagnóstico é só o começo. Mas, já vai indicar como você está posicionado neste novo ano, que está só começando. O ideal é que ao reconhecer os seus gastos do passado, você aprenda a notar onde mais gastou dinheiro e onde ele foi gasto além do que deveria.

Uma outra boa ideia é sobre categorizar os gastos. Você pode pensar naqueles fixos, como com aluguel, água, luz, telefone. Ou ainda naqueles que são para trazer comodidade, como TV por assinatura e internet, por exemplo.

Tesouro IPCA + 2045 – aprenda como investir para daqui 26 anos

NOVAS DÍVIDAS

Nesse primeiro mês do ano também é importante começar a pensar 2 ou 3 vezes sobre a importância e o cuidado de se fazer novas dívidas. Na hora de pagar o IPTU, o IPVA, comprar materiais escolares… O que você vai fazer?

Se tem dinheiro, pague a vista. Mas, se não tem… É preciso analisar muito bem a necessidade de se fazer uma nova conta a ser paga durante o ano todo. Os parcelamentos parecem ser boas ideias, mas não para o seu bolso. Nesse caso, nunca deixe de analisar as taxas de juros.

O que deveria ter acontecido é que você poderia ter guardado parte do seu recurso de 2019 para esse janeiro, que se inicia. Assim como poderia ter pegado parte do 13º salário ou do FGTS. Mas, isso não aconteceu, não é mesmo?

Então, agora é hora de analisar opção por opção de parcelamento e escolher aquela que é menos pior para você custear esses gastos que o mês de janeiro sempre representa.

RENDA EXTRA

Uma alternativa para juntar dinheiro e pagar as contas de janeiro à vista é conseguir uma renda extra. Se você não precisa do dinheiro para isso, a renda extra pode entrar no seu orçamento para você usar de outra forma, como em investimentos para a aposentadoria ou reserva de emergência.

Afinal de contas, ter mais dinheiro no mês será muito interessante para você colocar as finanças em dia. Então, comece a pensar sobre o que ou como você pode vender para ganhar uma renda a mais. Aliás, nem precisa vender. Muitas vezes, você pode prestar algum serviço, como de garçom, e ganhar por dia trabalhado. Isso será ótimo.

Outra ideia inteligente é vender os itens e produtos que você tem em casa e não usa mais. Você pode transformar um passivo financeiro em ativo. Pense em jogos, eletrônicos e roupas. Atualmente, há sites e aplicativos que permitem a venda de forma simples e segura.

Confira esse guia para colocar as finanças em dia em 2020

ORÇAMENTO

Agora que você já conhece os erros do passado, sabe da dificuldade que é pagar dívidas e já está buscando formas de ganhar mais dinheiro, resta pensar em uma nova composição do seu novo orçamento para este novo ano.

Portanto, você tem que considerar uma conta muito simples: é preciso ter uma renda superior aos gastos. Talvez seja a hora de diminuir os seus gastos, de alguma forma. Como? Pense em alternativas. Seja para o transporte, para o lazer, para a alimentação, etc.

Somente com esse controle ajustado é que você vai conseguir colocar as finanças em dia. Não tem muito segredo. É preciso ganhar mais do que se gasta. Inclusive, muitos milionários afirmam que não importa quanto você ganha, mas sim quanto você gasta. É isso que vai fazer a diferença na sua vida financeira em 2020.

INVESTIMENTOS

Para terminar a nossa conversa de hoje, saiba que mesmo que você ainda tenha dívidas e esteja lutando para equilibrar o orçamento, os investimentos podem fazer parte da sua vida a partir de agora.

Basicamente, eles servem para te ajudar a impulsionar o seu dinheiro que é poupado, guardado. São como a poupança, só que muito melhores. E a maioria deles, com a mesma segurança da caderneta. Portanto, esse também é um bom ano para começar a pensar nisso.

Há investimentos simples e seguros, com rendimentos melhores do que a poupança. E mesmo que você ache que ainda tenha pouco dinheiro para reservar, saiba que todo mundo teve um começo pequeno. O importante é começar. E faça isso agora, não deixe para o próximo ano.

ANÚNCIO