Como ajustar seus gastos para a volta às aulas online ou híbrida

ANÚNCIO

À medida que a pandemia persiste, a decisão de permitir o aprendizado presencial ou manter as salas de aula fechadas está chegando ao fim.

As possibilidades de ensino à distância estão influenciando o quanto as famílias esperam gastar nas compras de volta às aulas.

ANÚNCIO

“À medida que os consumidores obtêm mais informações sobre como sua escola está operando e como as aulas acontecerão, eles podem ajustar esses orçamentos um pouco”, diz Katherine Cullen, diretora sênior da indústria e insights do consumidor da NRF.

Como ajustar seus gastos para a volta às aulas online ou híbrida
Foto: (reprodução/internet)

Veja como ajustar seus gastos com ensino à distância em meio à incerteza.

Espere compras extras

A lista de volta às aulas deste ano pode apresentar itens que você não teve que comprar no passado.

ANÚNCIO

Os alunos que frequentam a escola virtualmente (seja em tempo parcial ou integral) provavelmente precisarão de laptops, tablets ou desktops, além de fones de ouvido e outros acessórios de tecnologia para acessar e interagir com suas aulas.

Se várias pessoas vão aprender e trabalhar ao mesmo tempo em sua casa, talvez você precise pagar para que cada um tenha seus próprios dispositivos.

Considere se você também precisará comprar móveis ou materiais, como um quadro branco, para criar um espaço de trabalho funcional.

Os pais que trabalham e precisam de apoio também podem incorporar os custos de creche, aulas particulares ou outros acordos em seus orçamentos.

Os alunos que começam a estudar em casa podem retornar à sala de aula. Seu orçamento ainda deve incluir itens básicos como material escolar e roupas para cobrir diferentes cenários.

Isso, fora os gastos que o Estado está tendo

Afastar os outros

Para compensar o custo de novos suprimentos, descubra quais compras você pode pular enquanto o aprendizado remoto ocorre. Emntretanto, materiais como lancheira, lápis, canetinha e etc não serão muito úteis.

“Depois de obter essa lista de seu professor, pergunte a eles: ‘Quais são os itens necessários e quais são esses itens necessários de se ter?’”, disse Andrea Woroch, especialista em enconomia do consumidor.

Antes de comprar o que você precisa, faça um lista do que você já tem, diz Woroch. Você poderia economizar dinheiro juntando os materiais de escritório do ano letivo anterior.

“Coisas como cadernos meio-cheios ainda podem ser usados. Puxe as páginas que já foram escritas e salve o resto ”, diz Woroch. “Veja o que você consegue fazer, mesmo que esteja apenas se saindo pelos próximos dois a três meses.”

Toque em recursos

Em seguida, pesquise maneiras de obter ajuda para adquirir os itens que você não possui. Isso pode reduzir ou eliminar despesas adicionais de seu orçamento.

Algumas escolas emprestam dispositivos como laptops e hotspots móveis para alunos sem acesso adequado à Internet.

Muitas bibliotecas locais oferecem recursos educacionais gratuitos, como livros, serviços de tutoria e materiais de preparação para o teste.

Você também pode usar grupos de mídia social ou outros fóruns online para encontrar roupas e suprimentos gratuitos ou baratos de famílias em sua comunidade.

Leia também: Pais, ensine bem seus filhos

Compras estratégicas

No final das contas, você provavelmente terá que comprar vários itens nesta temporada de volta às aulas. Compras estratégicas podem esticar ainda mais seu dinheiro.

Siga varejistas nas redes sociais ou assine seus e-mails para receber notícias e informações sobre vendas.

Muitas marcas e varejistas estão tentando ser muito claros com o que está em estoque, o que esperar se você decidir ir à loja e o que pode pedir online”, diz Cullen.

Certifique-se de comparar preços de diferentes vendedores. Faça uma pesquisa rápida na Internet e use uma ferramenta de comparação de preços, para rastrear as melhores ofertas.

“Os varejistas estão constantemente oscilando os preços e, com tantas pessoas comprando online agora, eles estão realmente tentando maximizar seus lucros”, diz Woroch.

Outra dica de economia: procure por tecnologia de segunda mão ou semi nova (de preferência com garantia) em vez de comprar uma nova.

Experimente também os conselhos de compra padrão: pergunte sobre as políticas de correspondência e ajuste de preços do varejista, busque cupons e descontos em programas de fidelidade e maximize as recompensas de seu cartão de crédito.

Traduzido e adaptado por equipe Cotação Seguro

Fonte: The Street

ANÚNCIO