Como construir estabilidade financeira após o divórcio

ANÚNCIO

Pessoas divorciadas se sentem menos do que seguras financeiramente e estão preocupadas em ficar sem dinheiro na aposentadoria. A cura após o divórcio não é pouca coisa, mas é possível se libertar financeiramente. Você só precisa de um plano estratégico.

Foto: (reprodução/internet)

Veja também: 4 coisas que o impedem de uma vida de independência financeira

ANÚNCIO

Avalie seus ativos

Não há dúvida de que seu padrão de vida mudará após o divórcio. É importante reconhecer de forma realista com o que você pode lidar financeiramente. Pode ser necessário vender uma casa de família e reduzi-la para manter um orçamento viável. 

Embora seja um desafio, especialmente se houver um apego emocional ao lar, a vida após o divórcio apresenta uma nova realidade que deve ser enfrentada de frente. Não desanime, encarando as coisas como elas são, você terá vantagem sobre as circunstâncias e se adaptará em pouco tempo.

Procure aconselhamento profissional

Esta é uma etapa essencial para quem enfrenta uma mudança inesperada em sua situação financeira. Aconselhamento objetivo de terceiros pode ajudá-lo a evitar tomar decisões instintivas ou emocionais que tenham consequências negativas de longo prazo. 

ANÚNCIO

Um profissional financeiro especializado em ajudar divorciados pode ajudá-lo a lidar com as questões e decisões típicas que as pessoas em sua situação enfrentam. Lembra-se, ajuda externa nunca é demais, um profissional é necessário.

Ajuste seu orçamento

O divórcio provavelmente diminuirá a renda geral que você está acostumado a desfrutar. Depois de estabelecer um plano para os itens essenciais, como moradia, será hora de examinar mais de perto os luxos que você desfrutou como uma pessoa casada.

Isso também se refere às despesas de seus filhos. Frequentemente, os pais tentam manter o mesmo padrão de vida para os filhos para minimizar o impacto do divórcio. Mudar para uma casa mais barata, trocar um carro de luxo por um mais barato ou fazer cortes nos planos de viagem da família pode ajudá-lo a se recuperar financeiramente.

Avalie as opções de carreira

Dependendo de sua idade e situação na época do divórcio, você pode estar desempregado ou planejando se aposentar em breve. Nesse caso, você pode precisar ajustar suas aspirações de carreira. 

Reentrar no mercado de trabalho, investir em educação ou treinamento adicional ou adiar a aposentadoria são considerações razoáveis ​​para garantir estabilidade financeira a longo prazo após o divórcio.

Automatize suas economias

Há muitas coisas com que lidar durante o divórcio, e economizar dinheiro pode parecer uma prioridade inferior. Mas isso não poderia estar mais longe da verdade. Você precisa de economia agora mais do que nunca. Se você tem muito a fazer, é compreensível; mas dê a si mesmo uma coisa a menos com que se preocupar, automatizando suas economias. 

Ter o dinheiro retirado automaticamente do seu contracheque e colocado em uma conta poupança ou fundo de emergência pode lhe dar paz de espírito sem ter que pensar sobre isso. O divórcio é difícil. É importante dar a si mesmo tempo para lamentar seu estilo de vida anterior e se ajustar ao seu novo normal. 

Fazer essas mudanças pode ser um passo inteligente para ajudá-lo a entrar no resto de sua vida sem se preocupar com dinheiro.

Veja também: 3 coisas que você deve considerar antes de vender sua casa por dinheiro

Traduzido e adaptado por equipe Cotação Seguro

Fonte: Wise Bread

ANÚNCIO