Como negociar tudo para o seu casamento

Se você vai se casar, precisa se preparar para pagar um preço alto pelo evento. Poucas pessoas têm tanto dinheiro no banco, então muitos casais recorrem a cartões de crédito ou empréstimos para financiar o casamento dos seus sonhos.

Felizmente, existem maneiras de reduzir esse custo total. Com um pouco de planejamento, você pode ter um lindo evento sem estourar seu orçamento. Aqui estão oito dicas para negociar com fornecedores de casamento e obter as melhores ofertas.

Como negociar tudo para o seu casamento
Foto: (reprodução/internet)

Veja também: 5 conversas sobre dinheiro que todo casal deveria ter

1. Crie um orçamento realista

Os próprios fornecedores têm despesas elevadas, incluindo pessoal e suprimentos. É por isso que é importante sentar-se com seu parceiro e calcular quanto você pode realmente gastar em seu casamento antes de falar com os fornecedores. Saber quanto dinheiro você tem para trabalhar o ajudará a restringir sua lista de fornecedores que você pode pagar.

2. Determine suas prioridades

Quando se trata de planejar seu casamento, priorize o que é mais importante para você e reduza o resto.

Por exemplo, se você valoriza fotos e espera ter um lindo álbum de casamento, reserve dinheiro para um fotógrafo realmente habilidoso. No entanto, isso pode significar que você terá que fazer outros sacrifícios para ficar dentro do seu orçamento, como pular um cinegrafista ou comprar um bolo de casamento mais barato.

3. Considere fornecedores autônomos ou independentes

Tradicionalmente, os casais usam restaurantes, fornecedores estabelecidos e floristas para seus casamentos. No entanto, muitos cozinheiros e artistas independentes também oferecem seus serviços para casamentos. Como não têm os mesmos altos custos indiretos de uma loja tradicional, seus preços costumam ser muito mais baixos. E eles podem trabalhar com você para apresentar ideias que se encaixem no seu orçamento.

4. Fornecedores

Assim que tiver uma lista de fornecedores potenciais, peça orçamentos a várias empresas com base no seu orçamento. Compare as ofertas cuidadosamente para garantir que estão oferecendo as mesmas coisas; uma cotação de preço mais alto pode incluir mais, e ser um negócio melhor, do que um fornecedor mais barato.

Por exemplo, alguns fornecedores também fornecem coisas essenciais para a festa de comemoração, enquanto você pode ter que alugar as suas próprias com outros fornecedores. Ao escolher entre os fornecedores, você pode não conseguir fazer com que eles baixem o preço, mas pode negociar complementos que podem ajudá-lo a economizar em outras áreas.

Veja também: Dicas para obter o melhor anel de noivado

5. Procure ofertas

Quando se trata de locais, fotografia e flores, você pode economizar dinheiro fora da temporada. Os casamentos no final da primavera até o início do outono tendem a ser os mais caros, enquanto os casamentos no inverno ou no início da primavera costumam ser mais baratos.

Quando a temporada de casamentos está lenta, os fornecedores podem estar dispostos a trabalhar por menos do que seu preço normal, já que, de outra forma, eles não seriam reservados de forma alguma. Além disso, você pode economizar mais dinheiro ajustando seus planos de alimentos e flores com base na estação.

6. Seja flexível

Se o fornecedor não estiver disposto a negociar, você pode economizar dinheiro sendo flexível. Ao ser flexível com coisas como escolha de flores, entradas ou até mesmo a data do casamento, você pode economizar dinheiro. Por exemplo, se você deseja fazer seu casamento em uma sexta-feira em vez de um sábado, você pode reduzir drasticamente sua conta.

7. Peça uma lista de todas as taxas

Peça aos seus fornecedores uma lista abrangente de taxas antes de assinar qualquer contrato. Você pode descobrir que existem custos adicionais de casamento que você não sabia, como taxas de abertura de garrafas ou taxas de descarte de lixo. Em alguns casos, você pode conseguir que o fornecedor isente de algumas dessas taxas, tornando o custo mais acessível.

8. Seja educado e respeitoso

Ao negociar com fornecedores mantenha a calma e seja educado. Os fornecedores são mais propensos a acomodá-lo, e estão mais dispostos a ajustar seus preços, para clientes respeitosos que são honestos sobre seus orçamentos e, ao mesmo tempo, respeitam o trabalho e os resultados financeiros do fornecedor.

Veja também: Confira ideias de bolos criativos de casamento

Traduzido e adaptado por equipe Cotação Seguro

Fonte: Wise Bread