Conheça 3 coisas que alteram a cotação do dólar turismo

A gente só pensa na cotação do dólar turismo quando a gente vai viajar, né. Só que aí quase não dá tempo de saber se a compra da moeda americana está compensando e valendo a pena ou não. Por isso, hoje vamos pensar cedo, pensar antes e falar sobre isso.

Até mesmo porque da próxima vez que você for para outro país, você vai ter uma ideia melhor do que pode ter alterado, para melhor ou para pior, a cotação do dólar turismo. Basicamente, temos 3 coisas que sempre causam um alvoroço e tanto no dólar, veja!

Conheça 3 coisas que alteram a cotação do dólar turismo

Aliás, saiba que mesmo que você ache que essa cotação não é importante, ela influencia muito na sua vida. Ainda mais quando você vai comprar dólares nas casas de câmbio ou quando vai pagar a fatura do cartão após uma viagem internacional.

Então, nada melhor do que saber exatamente o que está acontecendo e como isso pode ser usado a seu favor na próxima viagem.

1 – A Economia Americana

Uma das coisas que mais alteram a cotação do dólar turismo e de outros tipos de moeda é a economia dos Estados Unidos. O país é considerado o mais rico, forte e importante do mundo. Portanto, o mercado de lá tem muito peso para as outras economias.

ANÚNCIO

E até mesmo porque não dá para a gente falar de dólar sem falar nos americanos, né. A moeda é o parâmetro de comparação com outras moedas.

Com isso, a gente só pode chegar em uma conclusão: se a economia americana vai bem, os investidores correm para aplicar seus recursos lá também. Agora, se a economia americana começa a ir para baixo, então, o contrário também acontece.

2 – Uma Crise Internacional

Se por um lado temos os Estados Unidos como principal nação econômica do mundo, saiba que existem outros países importantes também. O fato é que um país depende do outro e todos têm suas forças e importâncias.

Assim sendo, quando um país passa por uma crise econômica, a cotação do dólar pode ser alterada.

E é bem fácil pensar nisso: tem muitos brasileiros que investem em outros países assim como tem muitos estrangeiros investindo aqui também. E quando se fala em crise, os investimentos se tornam mais arriscados. Logo, altera taxas e cotações.

3 – Um Lugar Seguro

Por último, saiba que todos os investidores gostam de um lugar seguro. Por isso, se o lugar não é seguro, ele pode ter um grande balanço na cotação do dólar. Quando Trump e Bolsonaro foram eleitos, por exemplo, o dólar sofreu variações.

E isso costuma acontecer de uma forma bastante natural, até mesmo porque toda mudança faz tremores que causam a impressão de que “aquele lugar não é seguro”. E a insegurança que é gerada faz com que a moeda local possa perder forças frente ao mundo.

Assim sendo, note que em todos os casos citados a questão de ter investidores por ali ou não é que faz sentido. Quanto mais investidores e mais segurança, maior é a força da moeda frente ao que é estrangeiro.

ANÚNCIO