Veja esses 2 cursos gratuitos de alimentação para fazer no Senac

A gente encontrou 2 cursos gratuitos de alimentação que o Senac está oferecendo em algumas cidades do estado de São Paulo. Os cursos possuem bolsas de estudo integrais, por isso, são gratuitos em uma parte.

Por outro lado, saiba que mesmo quem não se enquadrar para concorrer as bolsas de estudo também podem estudar nesses cursos, mas aí terá que ser pela opção que é paga. O curso todo pode ser dividido em várias parcelas mensais ou ter desconto para o pagamento à vista.

Já para quem conseguir a bolsa de estudo, saiba que o aluno terá os mesmos diretos de todos os outros, como os certificados de conclusão, o diploma, o material didático que é usado e as aulas e estágios. Abaixo, você conhece mais das opções que atualmente estão disponíveis.

Os cursos gratuitos de alimentação

O Senac é uma referência de instituição de ensino no nosso país. Ela oferece cursos gratuitos, cursos técnicos, cursos a distância, cursos de pós-graduação, etc. Nesse caso, a gente focou em cursos livres que são da área da alimentação e permitem bolsas de estudo.

Assim sendo, eles são ótimos para quem precisa melhorar o currículo, gosta de trabalhar na cozinha e não tem muito dinheiro para investir. Se esse é o seu caso, confira as opções.

ANÚNCIO

1 – Técnico em Confeitaria

O primeiro dos cursos gratuitos de alimentação do Senac que vamos citar é o de confeitaria. Ele está entre um dos mais disputados e concorridos de toda a instituição. Obviamente, o motivo é que um curso de excelência e focado no mercado de trabalho.

A ideia dele é formar pessoas para atuar em várias áreas da confeitaria, usando técnicas padronizadas e qualificadas. Assim sendo, o profissional vai atuar na lucratividade e nos serviços da empresa que o contrata.

O curso todo tem 800 horas-aulas de estudo, sendo que os requisitos são: comprar os materiais e equipamentos necessários (calças compridas, aventais, sapatos de segurança, etc), ter mais do que 16 anos e estar cursando ou ter concluído o 2º ano do ensino médio.

Além disso, o estudante terá que fazer um estágio preparatório para o mercado de trabalho. Assim, a ideia é trazer condições reais sobre a sua atuação. O estágio não é obrigatório, já que o aluno pode fazer serviços em confeitarias (84 horas) como comprovação do aprendizado.

Quem concluir o curso até o nível 3 vai ter a certificação de Técnico em Confeitaria. O documento tem validade nacional.

Como se inscrever

cursos gratuitos de alimentação

Para fazer a inscrição e concorrer as bolsas de estudo integrais é preciso informar o número do RG, do CPF e enviar o certificado de conclusão de curso do Ensino Médio ou outros documentos estudantis que podem ser exigidos.

Todo processo pode ser feito pela internet. Mas, é preciso lembrar que o curso está sendo oferecido, atualmente, apenas na cidade de salto.

2 – Técnico em Nutrição e Dietética

O outro dos cursos gratuitos de alimentação é o de técnico em Nutrição e Dietética. Ele é um pouco maior, sendo que dura 1.200 horas-aulas. Por outro lado, mantém os requisitos: 2º ano do ensino médio, acima dos 16 anos e se interessar pelo assunto.

O objetivo do curso é preparar o aluno para a sociedade, que está cada vez mais exigente quanto à saúde física e alimentação. Assim, o estudante vai estar apto para auxiliar o Nutricionista com o bem-estar do indivíduo/paciente/cliente.

O estágio também não é obrigatório e a grade curricular tem temas como orientação nutricional, processos de retiradas ou adição de insumos, alimentos e bebidas processados, treinamento em equipes, preparações dietéticas, etc.

O formado vai ter direito à certificação de Técnico em Nutrição e Dietética, que vale em todo o país. Lembrando que nesse caso, o Senac oferece todo material didático que será usado, sendo um livro (Nutrição Aplicação e Alimentação Saudável, que é da editora Senac).

Onde se inscrever

Nesse curso técnico do Senac, a inscrição também pode ser feita online. É preciso considerar ainda que atualmente apenas duas unidades possuem bolsas de estudo, sendo: Bebedouro e Mogi Guaçu. O que totaliza 60 oportunidades de estudo.

Em Bebedouro, por exemplo, serão abertas duas turmas, com 25 vagas cada uma. Uma inicia em abril e outra em agosto. Já em Mogi Guaçu, as aulas começam em março.

O programa Senac de gratuidade

Agora que você já conhece esses 2 cursos gratuitos de alimentação pode ser que você esteja se perguntando exatamente como cursar de graça, né. Afinal, na legenda dos cursos tem o valor a ser pago mensalmente.

Saiba que o Senac tem um programa chamado de gratuidade que permite que muitos estudantes façam a maioria dos cursos oferecidos de graça. Inclusive, esses cursos técnicos que citamos acima.

O que você precisa saber é que para participar da disputa por essas bolsas de estudo (que isentam o pagamento das mensalidades), você deve cumprir alguns requisitos. Eles têm a ver com a renda familiar e com o fato de ter estudado em outros cursos.

A gente fez um conteúdo (conheça o programa Senac de Gratuidade e saiba como estudar de graça) recentemente onde a gente explica tudo sobre isso. Inclusive, a gente conta não apenas dos requisitos, mas também da inscrição e do resultado.

ANÚNCIO