Descubra como evitar o custo da anuidade do cartão de crédito

Com a internet e a tecnologia, a gente encontrou formas de minimizar gastos que antes eram vistos como “essenciais”. Alguns deles tem a ver com os produtos bancários. E tanto é verdade que hoje tem muito jeito de evitar a anuidade do cartão de crédito.

Se você não sabe como fazer isso, considere que a gente separou 5 alternativas bem interessantes, sendo que a última é algo realmente incrível e que tem tudo a ver com a Era Moderna que estamos vivendo. Continue lendo para descobrir.

Descubra como evitar o custo da anuidade do cartão de crédito

PROGRAMAS DE RECOMPENSAS

A primeira forma que a gente tem para evitar esse custo da anuidade de um cartão de crédito é considerar os programas de recompensas que existem hoje em dia nos bancos. Eles podem resultar em bônus ou pontos que podem ser convertidos em “desconto na anuidade”.

Aí, se você tiver muitos pontos dá até para zerar o pagamento da anuidade do seu cartão. O lado ruim disso é que nem sempre é uma boa opção porque para ter muito ponto você precisa usar muito o cartão e ser um cliente “Select”, “Grafite” ou algo do tiop.

GASTO MÉDIO MENSAL

Outra forma de acabar com esse gasto é buscando aqueles cartões que são isentos da anuidade para gastos mensais acima de um valor pré-determinado. Atualmente, o Credicard Black faz isso. Aí, é preciso ter gastos superiores aos R$ 5 mil no mês.

ANÚNCIO

Dessa forma, se você ainda não é um empresário de sucesso, que movimenta um valor alto como esse vai ser difícil conseguir alcançar esse objetivo, né. Aí, você terá o custo normal da sua anuidade, que é parcelada em até 12 vezes.

CARTÃO ESPECIAL DOS BANCOS TRADICIONAIS

A próxima opção que temos é buscar aqueles cartões especiais de bancos tradicionais. Por exemplo, o Santander tem um cartão free, que é livre de anuidade. No entanto, existem alguns requisitos para ter o produto e também é preciso seguir algumas regras.

Nesse caso especifico, o gasto mensal deve ser de R$ 50 e é preciso comprovar renda. Além de passar na análise de crédito do banco, que pode incluir o seu score financeiro, a sua renda, o seu comprovante de endereço, os seus financiamentos, empréstimos, contas, etc.

CARTÃO PRÉ-PAGO

O cartão pré-pago é aquele que você precisa por crédito para usar. Daí, como não tem risco de inadimplência, as empresas acabam tirando o custo da anuidade dele, para que se torne atraente.

O lado negativo é que mesmo sem anuidade, eles tem custos para não movimentação, para saques, para uso no exterior e até mesmo para inserção de créditos novamente.

CARTÃO DO BANCO DIGITAL

A última opção, que quase sempre é a mais aceita, tem a ver com os cartões de créditos que veem dos bancos ou das empresas digitais. O Nubank, o Banco Inter, o Digio… Todos são ótimos exemplos disso.

É por isso que esses cartões têm feito tanto sucesso no país. Eles são livre dessa taxa, além de oferecer vantagens como o uso no exterior, por exemplo. E isso tem deixado os cartões dos bancos mais tradicionais para trás, sem muito interesse da população.

ANÚNCIO