Saiba quais os destinos mais baratos da Ásia para conhecer em 2020

Em 2020, o continente asiático estará no foco de todo mundo por conta das olimpíadas que serão realizadas no Japão de 24 de julho a 9 de agosto, em Tóquio. No entanto, existem outras opções de destinos mais baratos da Ásia para você conhecer, além da capital japonesa.

A estimativa é que participem dessa grande festa dos esportes 206 países. Por conta disso, talvez você pode estar desanimado de realizar seu sonho de conhecer o continente mais populoso do mundo, mas não desanime.

Existem outros 49 países com inúmeras culturas distintas e bem mais barato do que você imagina. Com esse artigo, vamos dar uma clareada na sua cabeça a apresentar alguns dos países que você irá gastar menos dinheiro para conhecer este ano.

1 – Índia: Taj Mahal e Prêmios Nobel

Vamos começar por um dos países mais conhecidos, não só da Ásia, mas de todo mundo: a Índia. Inclusive, ele está certamente entre uma das nações mais baratas para apreciar em 2020.

De acordo com os locais que pretende conhecer, desembolsará menos de R$ 50 por dia. Outros podem sair um pouco mais caro como Calcutá, Jaisalmer e Agra, mas nenhum deles passa dos R$ 100.

ANÚNCIO

Talvez você não conheça a cidade de Agra, mas com certeza já deve ter ouvido do Taj Mahal, um dos pontos turísticos mais famosos do mundo.

Além disso, é uma cidade com grande valor histórico, sendo que já foi capital do império mongol, que sobrepujou grandes áreas da Índia e Paquistão alguns séculos atrás. Você gastará R$ 90 por dia para aproveitar tudo isso.

Se você não estiver procurando muito luxo e glamour, uma opção pode ser Calcutá, a cidade da Madre Teresa. Um lugar também muito famoso por conta de já ter recebido cinco Prêmios Nobeis. É ótimo para refletir e conhecer melhor a si mesmo.

2 – Vietnã: cidade tendência, labirintos e cerveja barata

Se você precisava de um bom motivo para conhecer o Vietnã, agora não vai precisar mais. O país é conhecido por ter a cerveja mais barata do mundo.  Caso não seja um motivo suficiente, as diárias por lá não costumam passar de R$ 50.

Além disso, o site Booking.com apontou a cidade de Ninh Bình como uma das maiores tendências para viajantes para este ano. Uma cidade pequena, com ar meio rural, mas com paisagens paradisíacas.

Hanói é outra cidade que chama a atenção dos turistas, é a segunda maior do país com 7.588 milhões de habitantes.

A diversão está garantida na cidade que possui prédios coloniais, museus, mulheres de chapéu vietnamita e ainda terá que desviar daquelas motocicletas lotadas de gente que você já deve ter visto em imagens pela internet.

Ainda tem um labiríntico Bairro Antigo que tem 40 ruas apertadas e abarrotado de gente. Aliás, cada uma delas recebe um nome referente aos produtos que vende. Por exemplo, uma delas é a Rua do Arroz.

3 – Nepal: patrimônio da humanidade e Monte Everest

Para quem pretende gastar pouco, conhecer a Ásia e ainda gosta de escalar montanhas, o Nepal certamente deverá ser a sua escolha. Além do famoso Monte Everest, dos 14 picos mais elevados do planeta, 8 deles estão localizados no Nepal.

Outro grande destaque do país são seus incríveis templos budistas. Você irá encontrar alguns desses templos em Catmandu. A cidade está na lista dos patrimônios da humanidade elegida pelo Unesco. Ainda é a capital e a maior cidade do país.

Entre os inúmeros edifícios históricos que você pode conhecer por lá, que foram erguidos entre os séculos XII e XVIII, destacam-se os templos Taleju e Jaganath e o conjunto arquitetônico de Nasal Chowk.

Catmandu oferece tudo isso e muito mais por um ótimo preço, R$ 45 por dia.

4 – Myanmar: a maior Pagoda do mundo

Esse pode ser um país menos conhecido do que os outros citados, mas depois conhece-lo vai ficar se perguntando porque ele não estava na lista daqueles que gostaria de conhecer desde o começo.

Saiba quais os destinos mais baratos da Ásia para conhecer em 2020

A nossa sugestão é ‘turistar’ pela cidade Rangum, que além de ser a antiga capital do país, é a maior do país. Assim, fica na lista dos destinos mais baratos da Ásia.

Rangum se caracteriza por grandes parques, lagos e um belo casamento entre arquitetura moderna com construções de madeira tradicional do início do século XX.

A grande atração da cidade é o belíssimo e dourado Shwedagon Pagoda, um impressionante monumento budista, que está na imagem acima. Ele fica no topo de uma colina que possuí quase 100 metros de altura e com mais de 2.600 anos, é conhecido como a Pagoda mais velha do mundo.

Para conhecer Myanmar e a Shwedagon Pagoda você terá que desembolsar R$ 64 por dia.

Aprenda como juntar dinheiro para conhecer a Ásia

Agora, além de Tóquio, você viu que existem os destinos mais baratos da Ásia para conhecer neste ano. Logo, você não precisar se endividar para fazer essa viagem ao outro lado do mundo. No entanto, isso não quer dizer que você não terá que ter um orçamento bem feito.

Inclusive, a gente criou o conteúdo “Aprenda a juntar dinheiro para viajar para a Ásia”, onde a gente cita exatamente o que você deve fazer para conseguir se enquadrar no orçamento da viagem. São dicas bem fáceis e que você pode começar a fazer agora mesmo.

ANÚNCIO