Conheça 3 ideias para diminuir o valor do condomínio

Cada tipo de construção e cada condomínio tem os seus próprios dinamismo. Isso quer dizer que tem os próprios valores também. O que não muda é que todo mundo tem reclamado do alto valor do condomínio.

Ele, junto com a parcela do financiamento ou do consórcio da casa, representa uma boa parte do orçamento de uma família. Assim sendo, se diminuir o valor do condomínio, melhor.

Conheça 3 ideias para diminuir o valor do condomínio

Agora, como é que se faz isso? Tudo tem que passar pelas reuniões de condomínio e estar na lei que existe. Portanto, o que temos aqui são ideias, que valem a pena serem pensadas nas próximas reuniões.

1 – A administradora de condomínios

Hoje em dia, a grande reclamação está na administração de quem é paga para fazer esse papel, as administradoras. De modo geral, como se tem visto por aí, é realmente bem complicado achar uma empresa boa.

Mas, todo morador de condomínio tem o direito de mudar de administradora. Por isso, uma ideia bem simples, mas que costuma trazer melhoras financeiras e produtivas, é buscar uma empresa diferente.

PROPAGANDA

É preciso analisar tudo o que a empresa tem feito e está fazendo. E, mais do que isso, a que preço está fazendo esse trabalho. Nunca se deve ficar a mercê de tal administradora e os moradores precisam saber disso.

Um bom começo é pesquisar pelos preços que as administradoras estão cobrando em prédios parecidos com o seu. Lembre-se de analisar que cada condomínio tem os seus diferenciais, como tamanhos, manutenções, etc.

2 – O síndico do condomínio

O síndico do condomínio é outro fator que pode estar superfaturando o seu boleto mensal. Isso porque ele tem o seu preço também. Independente da escolha de ser morador ou profissional particular. 

Não existe uma melhor escolha para todo mundo, na verdade. O ideal é, assim como no tópico acima, analisar o que essa pessoa tem feito no condomínio. É a questão do custo benefício.

Agora, o que se tem visto é muito síndico dando golpes financeiros em condomínios. Por isso, todo cuidado é pouco na escolha. Isso também pode custar caro no valor do boleto do condomínio.

Aqui, mais uma vez, a dica é saber quanto um profissional cobra e quanto um morador que vai ser síndico terá de vantagem. Além do mais, é preciso ter outras pessoas para analisar o trabalho do síndico.

3 – Os diferenciais do condomínio 

Por fim, uma coisa que pesa muito no valor do condomínio é justamente os diferenciais que ele tem. Isso porque hoje em dia tudo tem o seu custo e de grão em grão a sua conta fica mais cara. 

Por exemplo, sabe uma das coisas que mais deixam um condomínio caro? Vigilância e portaria 24 horas por dia. Tem ainda a questão das câmeras instaladas e ronda noturna. Sem contar com piscinas, limpezas e toda manutenção.

É por isso que escolher bem a administradora e também o síndico vai ser importante. Porque eles podem ajudar em outros pontos que barateiam o condomínio.

Mas, no geral, quanto mais benfeitorias e vantagens um condomínio tem, mais caro ele será no seu valor mensal.

PROPAGANDA