Como pagar dívidas das férias: um guia passo a passo

ANÚNCIO

É fácil acumular dívidas de fim de ano, mas pagá-las pode prejudicar seu orçamento por anos. Ainda assim, as pessoas parecem mais do que dispostos a acumulá-lo, não importa o quê.

Um estudo de 2019 conduzido por CreditCards.com e YouGov Plc mostrou que mais da metade dos consumidores com dívidas de cartão de crédito disseram que o feriado é um bom motivo para pedir dinheiro emprestado.

ANÚNCIO

Até 26% dos consumidores sem dívidas disseram que podem estar dispostos a acumular dívidas durante as festas de final de ano de 2019. Rapidamente você se arrepende quando essas contas começam a bater na porta e taxas mensais começam a ser descontadas da sua conta. Nesse ponto, porém, é tarde demais.

Como pagar dívidas das férias: um guia passo a passo
Foto: (reprodução/internet)

Se você está endividado com o feriado e quer quitá-lo, deve considerar a consolidação e a criação de um plano para quitar as dívidas de uma vez por todas. Veja como fazer:

Etapa 1: avalie o dano e some suas dívidas

O primeiro passo para se livrar da dívida do feriado pode ser o mais difícil, pois você tem que ver seus gastos detalhe a detalhe. Reserve um tempo para somar todos os saldos de seu cartão de crédito e outras dívidas dos feriados para ver quanto você deve.

ANÚNCIO

Elaborar um plano para o pagamento da dívida será muito mais fácil se você anotar cada uma de suas dívidas junto com a taxa de juros e o saldo atual, tudo em um só lugar.

Aqui está um exemplo de como pagar a dívida mínima do cartão para não gerar mais juros para vocÊ (somente caso você não consiga pagar tudo de uma vez, hein!)

Etapa 2: Escolha um método de consolidação da dívida

Depois de saber exatamente o valor da dívida, você precisa descobrir a maneira ideal de consolidar seus saldos e pagá-los. Embora existam algumas outras opções a serem consideradas, os produtos mais populares para consolidação de dívidas incluem cartões de crédito com APR de 0% e empréstimos pessoais.

Leia também: Conheça a escada do sucesso – para quem quer quitar dívidas

Etapa 3: escolha o melhor plano de reembolso

O método de consolidação de dívidas certo para você depende de alguns fatores: quanta dívida você tem, quanto você pode pagar por mês e quanto tempo levará para pagar sua dívida.

Uma boa calculadora de amortização de dívidas pode ajudá-lo a determinar seus próximos e melhores passos e qual consolidação de dívidas seguir, mas você também pode fazer algumas contas básicas para descobrir por conta própria.

Etapa 4: mantenha o curso

Qualquer que seja a opção de consolidação da dívida que você escolher, certifique-se de decidir sobre um plano concreto e cumpri-lo. Do contrário, você não pagará todas as dívidas que deseja e prolongará os problemas financeiros que as dívidas trazem para sua vida.

Se você está preocupado em pagar o máximo possível para pagar suas dívidas, também pode ajudar a cortar seus gastos por um tempo.

Faça mais refeições em casa, faça um congelamento temporário dos gastos e fique em casa nos fins de semana por alguns meses, em vez de sair. Com pequenos cortes suficientes em seus gastos, você poderá liberar algum dinheiro extra para pagar dívidas ou começar a construir uma reserva de poupança.

Certifique-se também de que, enquanto estiver no modo de pagamento de dívidas, não esteja usando crédito ou empréstimos para acumular mais dívidas. Você nunca vai pagar dívidas de férias se continuar cavando ao longo do ano, então pare de usar plástico e mude para dinheiro ou débito.

 

Traduzido e adaptado por equipe Cotação Seguro

Fonte: Wise Bread

ANÚNCIO