7 Dúvidas Respondidas sobre Franquias e Coberturas

Em um artigo anterior, já falamos sobre o que é a franquia e em quais casos ela deve ser acionada. Se não viu, leia agora!

Agora, neste novo artigo, vamos tirar as 7 dúvidas mais comuns sobre esse tema.

Cobertura de Vidro, Oficinas Credenciadas, Carro Roubado, Desastres Naturais e se alguém bater no seu carro e só você ter o seguro, como fazer? Todas essas dúvidas e muito mais estão abaixo!

1 – Bateram no meu carro, devo acionar o meu seguro?

“Se a pessoa se recusar a reparar o prejuízo e for preciso acionar o seu seguro, além de pagar a franquia, você perderá o bônus de não utilização na renovação da apólice”, diz Vagner Mello, da Caixa Seguradora. Com isso, o ideal é buscar o ressarcimento dos danos sem acionar o seu seguro.

O importante, então, é munir-se fotos e do Boletim de Ocorrência da colisão. Além de anotar o nome, o telefone e a placa do carro do condutor responsável pela batida.

ANÚNCIO

2 – O que inclui a uma cobertura de Vidros?

Assim como o reboque, a cobertura de seguro de vidros e faróis possuem prêmios e franquias especificas. Logo, você terá que pagar um valor extra por elas.

Essa cobertura é considerada uma assistência, portanto o segurado não perderá o bônus do seguro.

É importante saber que essa cobertura cobre apenas os vidros sem que outra parte do carro esteja danificada.

7 Dúvidas Respondidas sobre Franquias e Coberturas
Reprodução: Google

3 – Qual rede credenciada deve usar?

A maioria das seguradoras opera dando ao cliente a livre escolha da oficina mecânica. O importante é verificar se no site da sua seguradora está a oficina referenciada, que passa por uma avaliação prévia do espaço físico e das peças oferecidas.

4 – E os danos por desastres naturais?

Os seguros automotivos cobrem os desastres naturais se não houver agravamento de risco. Ou seja, uma enchente só será coberta se as ocorrências notificarem que não houve contribuição do motorista para a submersão do veículo.

Outros desastres, como queda de árvore ou raio, só será coberto se estiver indiscriminado na apólice do seguro.

5 – O carro foi roubado e encontrado, quem deve buscar?

Se o segurado for comunicado que o veículo foi encontrado em algum lugar, o recomendado é nunca ir ao local sozinho. “Nesse caso, é necessário comunicar a polícia e ir à delegacia para efetuar os procedimentos de retirada da comunicação de roubo ou furto do veículo”, diz Adriano Fernandes da Yasuda.

Dependendo da seguradora e da apólice, o veículo poderá ser buscado por quem estiver assegurando o veículo.

6 – Se os documentos do carro estiverem atrasados, o seguro pode se negar a cobrir o sinistro?

“Caso o IPVA ou licenciamento estejam atrasados, o que muitas seguradoras fazem é abater os valores referentes ao pagamento da regularização de documentação da indenização paga ao segurado”. Portanto, conforme Adriano Fernandes, as seguradoras não se recusam, porém, podem fazer apenas após a documentação estar regularizada, conforme a lei.

7 – Quilometragem do reboque, como funciona?

Assim como o carro reserva  o seguro de vidros, o reboque é conhecido como assistência adicional e estão acionados em cada apólice. “A quilometragem varia de acordo com o plano contratado e não é acumulativa”, diz Eduardo Dal Ri, da SulAmérica. Segundo ele, o normal é que a seguradora trabalhe com 4 acionamentos de reboque em cada vigência de apólice.

Com informações do Moneyguru

ANÚNCIO