É preciso fazer Boletim de Ocorrência para acionar o seguro?

Muita gente optar por ter um seguro para ter mais tranquilidade. Mas, quando precisam acionar o mesmo não sabem exatamente o que fazer. Será que é preciso, por exemplo, ter um boletim de ocorrência em mãos?

Na verdade, nem sempre essa é uma necessidade obrigatória, mas, de qualquer forma, é um meio de comprovar o acidente, os danos e a importância de usar o seguro. Confira qual é a forma mais simples de acionar um seguro em caso de acidentes de trânsito.

É preciso fazer Boletim de Ocorrência para acionar o seguro?

A importância do Boletim de Ocorrência

O Boletim de Ocorrência é importante porque sempre que um acidente de trânsito acontecer é através dele que o comunicado oficial será feito sobre o acontecido. Assim, todas as partes precisam fazer o B.O., sendo essa a recomendação da polícia.

Também é no B.O. que os policiais vão descrever os detalhes do acidente, conforme o que está sendo contado pelos participantes ou por quem viu o que aconteceu. Culpado ou não, o ideal é que todo mundo faça o B.O., que também será usado pelas seguradoras.

Então, a recomendação é que logo após a batida, os participantes e interessados peguem os dados e contatos dos envolvidos para ir até a delegacia mais próxima fazer o B.O., e vale lembrar que hoje em dia também dá para fazer isso online, pela internet.

ANÚNCIO

Mas, atenção, para casos mais sérios, onde há pessoas machucadas, o ideal é aguardar a chegada dos bombeiros e policiamento para que o B.O. seja feito no local.

Acionar a seguradora após o B.O.

Antes mesmo de acionar a seguradora, o ideal é que a pessoa tenha uma ideia de quanto vai gastar para arrumar os veículos envolvidos e qual é o valor da franquia a ser pago. Porque nem sempre chamar o seguro vai ser a forma mais rentável de se fazer o conserto.

Para quem tem corretores disponíveis, saiba que eles podem fazer essa análise também.

E outra coisa importante é que em caso de terceiros, ainda que não haja a cobrança da franquia na maioria dos casos, existe um limite de cobertura de consertos, conforme está informado na apólice. Por isso, a consulta é bem importante antes de acionar o seguro.

Contato com a seguradora

Após analisar tudo isso e decidir que realmente é importante acionar o seguro de carros para arcar com os custos, saiba que dá para fazer isso de vários jeitos, como por telefone, e-mail, Whatsapp e outros meios de comunicação.

Geralmente, há um cartão do seguro que informa o número direto de telefone, o que tende a ser mais breve do que as outras opções.

Então, a seguradora vai solicitar o número da apólice, assim como os dados pessoais e do veículo. O ideal é que o envolvido tenha fotos para comprovar os fatos, ainda que isso não seja obrigatório.

Após isso, o carro será indicado para alguma oficina especializada e passará por uma vistoria para avaliar o estrago. Depois, é preciso aguardar a aprovação da seguradora para que os serviços se iniciem.

ANÚNCIO