Veja como saber se está fazendo um bom investimento financeiro

No Brasil, nem todo mundo consegue ver as vantagens de investir dinheiro. Isto é: separar uma parte do salário para aplicar em títulos ou papéis que paguem juros. 

Só que atualmente essa tem sido a principal alternativa para ganhar dinheiro de forma segura. A partir daí, a pergunta que fica é: como saber se a gente está fazendo um bom investimento financeiro? Isso é bem simples de ser respondido.

Veja como saber se está fazendo um bom investimento financeiro

E nós separamos 2 pontos importantes que precisam ser analisados. Aí, no final ainda tem uma dica sobre como e onde simular e comparar os seus papéis. Leia até o fim.

1 – A análise dos objetivos financeiros

A primeira coisa, que deve acontecer antes de tudo, é você saber para quê está investindo dinheiro. Tipo, qual é o seu objetivo financeiro?

Isso porque para cada tipo de objetivo que é traçado vai existir uma melhor opção de aplicação também.

Assim sendo, não vai adiantar você achar que o seu investimento está rendendo muito ou rendendo pouco, se você não sabe para quê vai usar o patrimônio que foi acumulado.

Para finalizar esse tópico, saiba que você tem que traçar objetivos. E faça isso antes de aplicar o seu dinheiro ou mesmo antes de mudar de aplicação financeira.

2 – A comparação das opções de investimento

Se você sabe para quê está investindo dinheiro, o próximo passo é comparar as opções que você tem no mercado financeiro. 

Agora, muita atenção aqui: nunca se deve comparar gato com lebre, está bem? Gato vai gato e lebre vai com lebre. Simples assim. 

Se você está pensando no longo prazo, para a aposentadoria, em um recurso que só vai ser usado daqui algumas décadas, você tem opções como poupança, CDB e Tesouro, por exemplo.

Aí dá para comparar essas opções. Agora, isso seria diferente de comparar com ações ou debêntures ou com CDB para 5 anos, por exemplo.

E como comparar investimentos?

A dica é você simular esses investimentos dos mesmos objetivos. Atualmente, muitas plataformas permitem isso na internet. Até o próprio site do Tesouro Direto faz isso. E de graça. 

Por lá, dá para você escolher o título que quer, o quanto quer ter acumulado em determinado tempo e mesmo que não conhece as aplicações ainda pode conhecer também.

Aí, o simulador do Tesouro tem todas as taxas atualizadas e isso permite a comparação dos títulos, descontando os custos e entre várias opções para o mesmo fim. Tem CDB, Poupança, LCI, Fundos e Papéis do Tesouro, por exemplo.

Outros sites

Se for usar outro site, aí você vai precisar atualizar os rendimentos e os descontos também, como do imposto de renda. 

Agora, independente da forma que você escolher, saiba que simular é uma boa ideia. Mas, sempre considere analisar rendimentos e custos. Porque tem investimentos que rendem menos, mas não são incidentes do imposto de renda, por exemplo.

Tem outros simuladores que simulam apenas um investimento. Aí, você tem que fazer várias simulações para comparar depois. Por isso, o site do Tesouro é mais legal, ele já faz tudo junto, em uma única simulação.