Saiba como fidelizar o cliente em 5 passos

Esse texto é uma verdadeira obra de arte para quem está começando no mundo do empreendedorismo. Você pode ser um MEI, autônomo, prestador de serviço ou até mesmo ter uma empresa grande. No fundo, sempre vai querer encontrar formas de fidelizar o cliente.

Sendo assim, a nossa ideia com este conteúdo é citar alguns passos importantes e essenciais que você deve considerar nessa caminhada, que se inicia com o contato feito com o futuro cliente até a fidelização dele. Para muitos especialistas em empresas e estratégias, isso se chama “relacionamento com o consumidor”.

Mas, a gente não se apega muito aos nomes. O que sabemos é que é uma forma muito interessante de você entender em qual etapa o seu cliente está nesse momento. Porque isso vai te ajudar a criar campanhas mais assertivas e ter um contato mais direto com ele também.

Os 5 passos

Além do mais, saiba que esse guia aqui foi extraído de várias opiniões e até mesmo publicações que já fizemos aqui no blog. A ideia é sintetizar tudo o que é importante sobre esse assunto, da fidelização dos clientes. Para quem está começando, é ótimo saber disso para começar um projeto bem.

1 – Básico

Muita gente comenta que esse é o nível básico de um relacionamento que deve ser criado com o cliente. Assim, para outros mais ousados é como aquele relacionamento amoroso, que está na fase do “ficante”.

ANÚNCIO

Logo, o vendedor ou empreendedor deve se comportar como se fosse um “tirador de pedidos”. Logo, os esforços para vender mais não estão, ainda, baseados nas necessidades dos clientes, mas em fechar venda.

É um passo muito inicial, que você pode até pular. Afinal de contas, o ideal é você criar um bom relacionamento com o cliente e não ser apenas um ficante, não é mesmo?

2 – Reativo

Para os especialistas, aqui damos o nome de nível reativo de relacionamento com o cliente. Para os mais liberais, podemos falar também em “fase da paquera”. Obviamente, depois que a venda é feita, o empreendedor fica muito empolgado e pensa logo em vender mais.

No entanto, ele ainda não está tão preocupado como deveria com resolver os problemas dos clientes. Infelizmente, ele só quer vender mais e lucrar. O que é um grande erro, né. Portanto, esse passo também pode ser pulado para você evitar perda de tempo e de dinheiro.

O vendedor que está nessa etapa acaba entregando o seu cartão de visita e incentivando o cliente a comprar mais, com ele.

3 – Responsável

Aqui, damos o nome de nível responsável de relacionamento com o cliente, que também pode ser o famoso “ligar no dia seguinte”, sabe? Note que é diferente do ficante e da paquera. Aqui a coisa começa a ficar um pouco mais séria, né. Mas, também não é o ideal para fidelizar o cliente.

O motivo é que o vendedor até faz o trabalho de pós-venda, que é indicado. Porém, ele é bem pouco insistente nisso. Normalmente, ele só quer saber se o atendimento foi bom, adequado e se a pessoa voltaria a comprar com ele.

4 – Proativo

Agora sim, a conversa começa a mudar e tudo começa a fazer sentido. Para quem está começando e ainda não tem muita experiência com vendas, dá para começar daqui. Até mesmo porque é a fase do namoro ou o nível proativo de relacionamento com o cliente.

Nessa situação, o empreendedor começa a entender a importância do follow-up que o liga direto até o seu cliente. Então, o que ele faz? Faz um contato com o cliente de tempos em tempos para saber sobre a necessidade atual dele.

O erro é não se aprofundar muito no assunto e não se mostrar totalmente interessado. O ideal seria você fazer isso, aproximando-se cada vez mais do seu cliente, que pode voltar a comprar mais com você não por obrigação, mas por entusiasmo.

5 – Parceria

O último nível, que é o mais incrível e que vai fazer toda a diferença, de relação que você pode criar com o seu cliente é o de parceria. Ou isso estaria mais para noivado, ein? Saiba que aqui é que existe o verdadeiro marketing de relacionamento, que é o que dá resultados nas vendas.

Obviamente, quando você chegar nessa fase você vai conhecer muito bem o seu cliente, saber não apenas das necessidades dele como também das vontades, gostos e perfil. É isso que vai te ajudar a vender de forma natural, simples e objetiva. Inclusive, no longo prazo.

Veja o que diz um dos especialistas do assunto: “O segredo está em fazer com que o cliente perceba que a empresa o conhece profundamente, se importa com seus problemas”.

Qual é o seu próximo passo?

fidelizar o cliente

Note que acima temos 5 passos, sendo que os 3 primeiros podem ser descartáveis. Ainda assim, a gente os citou porque tem muito empreendedor que se encontra nessas fases. Mas, o ideal é que você comece a agir a partir do 4º passo e que logo chegue no último, que é o ideal e mais recomendado.

Agora, se você ainda não deu importância para o tema de fidelizar o cliente, saiba que isso é o que pode estar fazendo a diferença na sua empresa. Todo negócio de sucesso tem que considerar o cliente em primeiro lugar. Mas, mais do que dar razão a ele, estamos falando de conhecê-los também.

Leia Mais: Conheça 5 dicas para fazer um bom atendimento ao cliente

Assim sendo, o seu cliente de hoje pode ser o mesmo de amanhã, sendo que você dará continuidade nas vendas sem que se torne um chato de galochas. A parceria com o cliente é como a parceria no casamento, se for verdadeira é duradoura e rende os melhores frutos.

ANÚNCIO