Financiamento moto Bradesco

Para financiar uma moto pelo Bradesco, o cliente pode fazer uma simulação no site autoline do banco (clique aqui). Lá é possível conferir o valor de cada parcela – conheça o Financiamento moto Bradesco.

Se a proposta for aceitável, o consumidor pode entrar em contato para fechar o negócio.

Simulador de financiamento de moto no Bradesco

Ao entrar no atendimento online, você pode selecionar o valor da sua moto.

Depois, insere o valor da entrada, as cilindradas, o ano de fabricação.

Aí, começa as informações sobre o financiamento: qual o número de parcelas que você deseja.

A opção do banco é que seja de 12 a 48 meses.

Para ter uma ideia geral, usamos os seguintes parâmetros:

Uma moto de 10 mil reais, sendo uma entrada de 2 mil reais e considerando uma moto de 2018 de até 399 cilindradas.

Nesse caso, o banco sugere um parcelamento em 48 meses no valor de 319,60 cada prestação.

Também dá para diminuir o número de parcelas, então, ficaria assim:

  • 36 x 365,84
  • 24 x 474,96
  • 18 x 588,08
  • 12 x 818,96

O banco informa que o CET (Custo Efetivo Total) é calculado conforme a data e que em fevereiro deste ano (2018) está a partir de 3,31% ao mês.

Só que esse financiamento vai depender dos valores e dos prazos escolhidos, que são indicados na modalidade CDC (Crédito Direto ao Consumidor) para pessoas físicas.

Bradesco Assistência Motos

O Banco também tem a opção da assistência a motos.

Quando o cliente opta por comprar uma moto da marca Honda e que seja nova (0 KM) pelo Bradesco Financiamentos, ele tem o direito de contar com uma assistência diária.

A cobertura é para acidentes que envolvem terceiros, sendo “um reembolso das indenizações decorrentes de danos corporais involuntários causados a terceiros, limitado ao valor de 5 mil reais”.

O seguro também cobre pane seca – com o reboque para o posto mais próximo.

Com informações do Bradesco