Saiba como ganhar dinheiro com franquias de alimentação saudável

A história abaixo é verdadeira e foi compartilhada, recentemente, em uma revista de empreendedorismo. A gente adaptou o texto para uma visão mais reflexiva, o que pode se tornar inspiração para você. Abaixo, você vai ver como dá para ganhar dinheiro com franquias de alimentação saudável.

O conto, que é verdadeiro, resultou na criação da Light Food Way. Assim, essa é uma marca muito preocupada com a comida saudável, a qualidade de vida e a alimentação completa das pessoas. Em resumo, ela surgiu para dar aos brasileiros acesso a esse tipo de produto.

Afinal de contas, o que você já deve saber é que existem negócios que nascem de uma ideia revolucionária. O que o empreendedor faz nada mais é do que colocar em prática uma teoria que ele pensou. Só que analisar essa ideia é que pode ser o grande diferencial para o negócio ser lucrativo.

As necessidades do público

Os empreendedores que criaram a marca contam que pensaram nessa ideia para atender a demandas de dores pessoais. Obviamente, essas dores não foram supridas pelos produtos ou serviços já existentes no mercado. Portanto, saiba que eles entraram em um mercado já existente.

Karla Nadir, com 23 anos, bancária em Paulínia, no interior de São Paulo, pesava quase 130 quilos. E essa informação, que está na revista, fará muito sentido para você entender a ideia que foi gerada. O peso da empresária começou a afetar sua saúde e autoestima.

ANÚNCIO

Assim sendo, após testar vários métodos de emagrecimento, ela fez cirurgia bariátrica, o que acaba sendo a opção de escolha de milhões de brasileiros também. No entanto, isso trouxe efeitos colaterais. Por exemplo, causou a anemia e outras doenças.

Com a cirurgia desfeita, ela voltou à estaca zero. O caminho, depois de anos de tentativas, foi mudar a conduta e a alimentação. É a partir daqui que a ideia nasceu.

A entrada no mercado de alimentação saudável

No ano de 2014, Karla entrou como sócia administrativa de um negócio. Na mesma época, ela conheceu a nutricionista Marcela Gattaz, que já trabalhava no local há anos. Junto com Gattaz e uma dieta equilibrada, Karla perdeu 25 quilos nos primeiros meses.

O sucesso foi tanto que elas se tornaram amigas e, com o tempo, perceberam que a manutenção de uma dieta era muito difícil no dia a dia da maioria dos brasileiros. O motivo era visto de vários ângulos. Mas, principalmente devido à falta de opções de comida saudável no mercado.

Vendo que era uma dificuldade comum, as empresárias identificaram a oportunidade de montar um negócio com esse foco: de um cardápio semelhante ao que seguia. Começa a nascer a ideia da montagem de várias franquias de alimentação saudável.

“Me inspirei na minha dificuldade de manter a regularidade da comida de dieta, que normalmente não tem gosto, enjoa fácil. Eu precisava manter meu peso e sabia que, assim como eu, outros milhares de pessoas sofriam com o mesmo problema”, relata Karla.

A criação da marca Light Food Way

A ideia final foi a de criar uma marca que pudesse levar ao público final ideias de emagrecimento e vida saudável a longo prazo. Tudo isso a partir da montagem de uma refeição que fosse nutritiva, saudável e, ao mesmo tempo, saborosa. O que era raro de encontrar no mercado.

Marcela, que é a nutricionista, montou um cardápio de dieta exclusiva, pensada e balanceada. Assim, juntas, com um montante inicial de R$ 30 mil, montaram a Light Food Santa Cruz, no extinto Sopa Santa Cruz.

O que a marca tinha de tão interessante? Nada além de uma ideia que ia direto à dor do público: com o oferecimento de comida congelada delivery para região toda de Ribeirão Preto, que fica no interior de São Paulo.

Entendendo que o potencial do negócio ia além das fronteiras do interior de São Paulo, as sócias resolveram iniciar o processo de franchising. Isto é, a criação de franquias, para que o modelo pudesse ser replicado para outras localidades também.

Leia Também:

Os diferenciais de mercado

Para os interessados, a rede dá o diferencial de oferecer pratos desenvolvidos sob medida; ter livro de receitas próprio; exclusivo mix com diversas opções de pratos; soluções saudáveis, balanceados e leves, e que aumentam a produtividade e lucratividade do franqueado.

Foi apostando em tudo isso que a rede fez sucesso no país todo. Além do mais, a marca está associada à sustentabilidade. Sendo assim, ela exige que os franqueados encaminhem as embalagens para reciclagem através de parcerias com cooperativas.

Além disso, as lojas também adotam o uso de canudos de macarrão e investem em novas embalagens recicláveis e livres de BPA.

Como expectativa para os próximos anos, a marca pretende aumentar a participação do delivery, lançando também um aplicativo no qual o cliente poderá selecionar cardápios de maneira mais rápida e personalizada.

A franquia da Light Food Way

franquias de alimentação saudável

Atualmente, o que as pessoas empreendedoras mais notam nessa marca são os diferenciais de mercado. Até mesmo porque existem várias franquias de alimentação saudável no país, mas nem todas fazem tanto sucesso assim.

A Light Food Way exige um investimento inicial de R$ 60 mil, com capital de giro de 20% do valor do investimento. A taxa da franquia é de R$ 25 mil e são mais R$ 500 de royalties no primeiro mês. Depois disso, o valor dobra. Não tem taxa de publicidade.

Do lado do faturamento, estima-se uma média mensal de R$ 40 mil, sendo que o lucro médio no mesmo período é de 25% e o prazo de retorno é de 12 meses. Para investir nesse tipo de negócio é preciso ter uma área de, pelo menos, 50 m². Para saber mais, mande um e-mail para expansao@lightfoodway.com.br.

ANÚNCIO