Conheça 3 ideias para economizar com comida fora de casa

Comer fora de casa é mais caro do que fazer a própria comida e comer em casa. Isso é algo praticamente indiscutível. No entanto, há pessoas que necessitam disso por vários motivos. Para elas, a gente tem aqui algumas ideias para economizar com comida fora de casa.

Afinal, você pode não ter percebido ainda, mas consumir sobremesas, sorvetes, doces, refrigerantes, sucos e chicletes nesses restaurantes vai encarecer muito a sua conta. Do mesmo modo, escolher o tipo de refeição errado pode lhe custar bem mais caro.

Mas, essas só são algumas das dicas que vem abaixo, continue lendo e descubra todas.

As ideias para economizar com comida

Vale dizer que aqui estamos considerando especialmente aquelas pessoas que por conta do trabalho ou estudo precisam se alimentar fora de casa, em bares, restaurantes, cantinas. E não para você que vai pedir uma pizza na sexta-feira à noite, ok?

1 – O tipo de refeição

A primeira das ideias para economizar com comida fora de casa é você considerar o tipo de refeição que vai ter. Isso vale muito mais para almoços e jantares. E é importante que você estude a ocasião também para se ter uma ideia melhor disso.

ANÚNCIO

Por exemplo, quem está sozinho pode pedir um prato feito. Mas, se você está em mais pessoas, talvez um pedido a la carte seja o mais recomendável. Só que nem sempre dá para entender esses tipos de refeições. Então, vamos explicar:

Prato Feito – O famoso PF (Prato Feito) também chamado de Prato Executivo é uma opção que o restaurante oferece sendo que é um prato montado. Na maioria das vezes, você pode escolher o tipo de carne e salada. Mas, a quantidade você não escolhe.

La Carte – Já o pedido la carte é algo como pedir um tipo de carne que vem em maior quantidade (geralmente, serve até 4 pessoas). E, também como é comum, ele vem acompanhado de arroz, saladas e guarnições.

Self Service – Tem ainda a opção do self service. O que acontece nesse caso é que você pode comer o que quiser (que estará disponível) e a quantidade que quiser também. Outra opção é você se servir (o que quiser e quanto quiser), mas pagar por quilo.

Marmitas – Por último, as marmitas e marmitex são porções de comida prontas, como no prato feito. A diferença é que tudo vem em um recipiente e, quase sempre, eles são entregues em casa – não sendo possível comer nos próprios restaurantes.

Em resumo, se você vai comer fora de casa, saiba que o prato feito costuma ser o mais barato. No entanto, pode não vir comida suficiente para você. Por outro lado, o la carte é ótimo para dividir com as pessoas. O self service e por quilo são mais caros, apesar de mais flexíveis.

2 – Os adicionais

A próxima das ideias para economizar com comida fora de casa é você considerar que as bebidas e as sobremesas sempre possuem um valor agregado. Portanto, são bem mais caros do que se você comprasse em lugares diferentes do que um restaurante.

Além das bebidas e sobremesas, outros gastos a mais são com doces, como balas, chicletes e pirulitos. Pode parecer pouco, mas se toda vez que você for no restaurante pegar um sorvete e um chiclete vai ver que no fim do ano gastou uma fortuna com isso.

Então, isso é bom de se observar porque se você puder evitar, vai ser muito bom para o seu orçamento. Em outros casos, uma boa ideia é pedir em quantidade maiores, que sai mais barato e dividir com amigos e familiares.

Para quem come todo dia fora de casa por conta do trabalho ou do estudo, a dica é comprar frutas no supermercado para sobremesas e levar o próprio suco para tomar após a refeição.

3 – As promoções

Essa também vai ser uma dica valiosa para quem tem a necessidade de comer fora de casa todos os dias. Saiba que há lugares que incentivam os funcionários de empresas e pessoas que mora ao redor a pedirem comida ou comerem nesses restaurantes.

Portanto, você pode buscar saber sobre promoções que estão disponíveis em aplicativos ou até mesmo sobre cupons de descontos para quem é cliente fiel (que vai comer lá de forma mais frequente). Só tome cuidado para não ficar preso sempre ao mesmo lugar.

A ideia é que você coma 1 semana em cada lugar. Até que decida qual é o melhor restaurante para você, com base no custo e também no seu gosto. Inclusive, você poderá analisar também o melhor horário para almoçar ou jantar em tais lugares.

Conheça 3 ideias para economizar com comida fora de casa

Bônus – alternativas!

Do ponto de vista da nutrição, essa troca não é inteligente. No entanto, se você tem uma boa rotina alimentar e uma vida física ativa, saiba que essa ideia alternativa pode ser feita por você. Imagine que você vai em um curso e nesse dia tem que comer fora de casa.

Então, ao redor do curso só existem opções de restaurantes que são caros justamente pela localização deles – são pontos estratégicos. Nesses casos, uma ideia pode ser a de você optar pelos lanches naturais ou talvez uma porção de carne e assim por diante.

O importante é que você não faça isso todos os dias porque vai afetar a sua alimentação de forma negativa. No entanto, se forem raras as vezes, não há contraindicações.

ANÚNCIO