3 passos para montar uma aposentadoria sem depender do INSS na velhice

A verdade é que com os assuntos que mais têm aparecido na TV, nos rádios e nos jornais, o brasileiro tem ficado assustado e preocupado com a sua aposentadoria.

Se esse é o seu caso, não se apavore porque esse é um sentimento comum aqui no país. Agora, por outro lado, saiba que você pode encontrar um jeito eficaz de se aposentar sem depender do INSS.

3 passos para montar uma aposentadoria sem depender do INSS na velhice

Nós separamos esses passos para você ver exatamente como pode fazer isso de uma maneira legal, dentro da lei e que não requer esforços sobrenaturais – exceto a criação de hábitos saudáveis na sua vida financeira.

1 – Controle o Dinheiro

Controlar o dinheiro é essencial para se conseguir montar uma aposentadoria e não depender apenas do INSS na velhice.

E o controle financeiro nada mais é do que ter uma caderneta de papel, um bloco de notas, uma planilha do excel ou mesmo um aplicativo de celular que marque tudo o que você gasta.

ANÚNCIO

Obviamente, esse valor deve ser menor do que aquilo que você recebe de salário, de renda ou até mesmo de benefício.

Sua conta tem que estar no azul. Isso é ter controle financeiro, ok? E se você não tem, ainda, comece a pensar em opções como reduzir custos, cortar serviços, etc.

2 – Poupe o Dinheiro

Outro passo importante, que vai te ajudar inclusive no controle do dinheiro, é o hábito de poupar parte do dinheiro que você ganha todos os meses.

Então, se você tem uma renda de R$ 1 mil, saiba que vai ter que separar, ao menos, uns R$ 100 para a sua aposentadoria.

Não tem outro jeito, ok? Você tem que poupar uma parte de tudo o que ganha no mês. E se não puder começar com 10% do todo, então, diminua para 5%, por exemplo. Mas, poupe!

Esse é um segredo importante. E se você não está conseguindo poupar, use a técnica do “se pague primeiro”, ao passo que você vai ter que guardar dinheiro logo que receber e se virar para pagar as contas depois.

3 – Invista o Dinheiro

O último passo é você investir o seu dinheiro em uma boa aplicação financeira. Isto é, um produto que te dê bons rendimentos e que te force a não retirar os recursos de lá, afinal, o dinheiro é para a aposentadoria, não é?

Atualmente, o Brasil não é o melhor país do mundo para se investir. Mas, temos que concordar que há muitas opções de aplicações financeiras disponíveis por aqui.

Se você não sabe muito bem por onde começar, uma boa ideia é pesquisar por corretoras de valores que são mais conhecidas e fazem esse trabalho de traçar o seu perfil e te ajudar a encontrar as melhores opções para você que estão disponíveis no mercado.

Aliás, apenas para fins de conhecimento, o Tesouro Direto tem sido ótimo para quando o investimento é de longo prazo, como a aposentadoria.

Cuidados!

O último tópico do artigo é para te falar de alguns cuidados. Esses cuidados devem vir com os bancos e com produtos que são para aposentadoria, como previdências e consórcios.

O ideal é você buscar conhecimento para ver que eles costumam ter taxas muito altas, o que não é legal. Por isso, os investimentos financeiros acabam sendo mais recomendados para a formação de uma poupança para a aposentadoria.

ANÚNCIO