Aprenda como montar uma marmita saudável para levar no trabalho

Hoje em dia, o acesso à informação está livre e aberto ao público de uma forma como nunca aconteceu antes. Isso pode ser analisado por vários pontos. Um dos pontos positivos é o fato de que ficou mais simples analisar como montar uma marmita saudável.

Por outro lado, em meio a tantas informações falsas, a nossa tarefa é a de selecionar o que realmente é verdadeiro. E a gente fez isso através da indicação de especialistas da área da saúde. O que temos abaixo são dicas de quem conhece do assunto.

Basicamente, a sua marmita, de modo geral e nutritivo, deve ser composta por ingredientes como: salada, carboidrato, legumes, leguminosas e as proteínas. E se você não sabe classificar esses tipos de alimentos, a gente explica abaixo. Continue lendo.

O prato ideal

Aprenda como montar uma marmita saudável para levar no trabalho

Abaixo a gente separou todas as áreas que devem formar o grande composto do seu prato, isto é, da sua marmita saudável. Obviamente, a quantidade varia de pessoa para a pessoa e do objetivo dela, que pode ser perder peso ou ganhar massa muscular, por exemplo.

Mas, o que se recomenda para fins gerais é aumentar o consumo da salada e diminuir o carboidrato. Mas, atenção: diminuir não é cortar. Evite deixar de comer alguns desses nutrientes porque eles são importantes para o corpo.

ANÚNCIO

Salada

A salada é o que você pode fazer com exagero. Ainda mais se montar com folhas de alface, rúculas ou outras do tipo. Aí, dá para complementar com legumes cruz também, como cenoura, beterraba e tomate.

O ideal é usar temperos naturais, como limão e azeite. E, em toda hipótese, se deve evitar o uso de condimentados, como aqueles temperos prontos que são vendidos por várias marcas.

Carboidrato

O carboidrato é o bom e velho arroz nosso de cada dia. No entanto, você pode fazer uma escolha mais inteligente ao optar pelo arroz integral, que é rico em fibras e saciará a sua fome por mais tempo.

Outra opção é pensar em alternativas ao arroz, como a batata-doce, batata inglesa, mandioca, inhame, mandioquinha, etc.

Leguminosa

A leguminosa você também conhece bem: é o feijão. E mesmo que, como muitos brasileiros, você veja um casamento perfeito entre o arroz e o feijão, saiba que existem alternativas que podem ser usadas ao longo da semana.

Uma boa ideia é pensar em alimentos como o grão de bico, a fava, a lentilha, a ervilha e a soja.

Legumes

Você pode usar legumes na sua salada, mas eles devem estar cruz. Aqui na área de legumes, você pode cozinhar eles sem acrescentar temperos industrializados. Uma boa ideia é fazer o processo de cocção de forma natural.

E aí você tem uma grande variedade de legumes, desde os citados no tópico da salada até mesmo quiabo, viagem, milho, etc.

Proteínas

Para finalizar a nossa lista de ingredientes essenciais para a sua marmita temos as proteínas. E aqui não tem muito segredo: opte por carnes magras e sem exageros. Uma boa ideia são os peixes ou peito de frango cozido.

Mas, você também pode optar por carnes vermelhas magras, como é o caso do patinho moído e até mesmo do filé mignon.

ANÚNCIO