É hora de mudar para pagamentos por aproximação: aqui estão três dicas

ANÚNCIO

Se você está procurando uma tarefa de autoaperfeiçoamento nesta era de pandemia , tente aprender a usar pagamentos sem contato (contactless) com seu telefone ou cartões de crédito e débito “tap-to-pay”.

Qualquer germafóbico dirá que as superfícies das notas e moedas sempre foram grosseiras. E entregar seu cartão de crédito a um caixa que está fungando e tossindo? Mesmo em tempos pré-pandêmicos, também é grosseiro.

ANÚNCIO
É hora de mudar para pagamentos por aproximação: aqui estão três dicas
Foto: (reprodução/internet)

Agora, a Covid-19 solicitou aos Centros de Controle e Prevenção de Doenças que recomendassem o uso de pagamentos sem contato sempre que possível no mundo físico.

Os norte americanos têm sido relativamente lentos em adotar pagamentos sem toque, embora sejam mais convenientes e seguros do que passar cartões de crédito e débito. Mas talvez a higiene seja o ponto de inflexão à medida que as pessoas procuram uma solução para, digamos , dinheiro nojento .

Um forte ímpeto para mudar

“Acho que a pandemia é um forte impulso para mudar”, disse Jodie Kelley, CEO da Electronic Transactions Association. “Acho que vai ficar e acelerar ainda mais. Conforme as pessoas se acostumam e entendem como fazer isso e descobrem que é simples e conveniente, elas não vão voltar atrás. ”

ANÚNCIO

O interesse do consumidor em pagamentos sem contato aumentou durante a pandemia.

Desde janeiro, os pagamentos sem toque aumentaram em 69% dos varejistas pesquisados pela empresa de pesquisas Forrester em nome da National Retail Federation. E dois terços dos varejistas pesquisados agora aceitam alguma forma de pagamento sem toque.

Aprender a usar pagamentos sem contato pode ser estranho no início e alguns de seus varejistas favoritos podem não estar equipados para aceitá-los.

O objetivo é tentar a próxima vez que você não estiver com pressa em uma fila de caixa que pode lidar com pagamentos sem contato.

“A primeira vez que fui pagar com meu telefone, não sabia bem como fazer”, disse Kelley. “Eu me senti um pouco boba tentando descobrir. Mas assim que descobri, adorei.”.

À medida que as pessoas tentam voltar ao normal e encontrar terminais de pagamento pessoalmente com mais regularidade essa prática vem aumentando.

Aqui estão três maneiras de experimentar pagamentos sem contato e evitar moeda suja e terminais de pagamento muito tocados.

1. Toque para pagar

É verdade que a palavra “tocar” não significa exatamente sem contato. Mas os cartões de crédito e débito “tocar para pagar” realmente só precisam estar a alguns centímetros do terminal de pagamento. Os cartões têm pequenas antenas dentro.

Como saber se seu cartão de pagamento tem a função de contato? Ele terá um logotipo que se parece com um símbolo Wi-Fi lateral de ondas irradiando. Terminais de pagamento de varejo que aceitam pagamentos sem contato têm o mesmo símbolo.

Esses cartões não exigem um smartphone para concluir um pagamento sem contato e você não precisa usar um PIN. Hoje em dia, já exitem muitos cartões que já possuem essa função, principalmente de bancos digitais.

“Para as pessoas que não estão acostumadas a se envolver com tecnologia, eu diria que primeiro olham para o seu cartão e veja se ele tem o símbolo. E se isso acontecer, da próxima vez que você estiver em um local de varejo, tudo o que você precisa fazer é colocar esse cartão no terminal ou na maquininha”, disse Kelley. “É incrivelmente simples. Eu encorajo as pessoas a experimentarem. ”

Aliás, normalmente quando o cartão possui a função por aproximação, você pode controlar se quer ou não que essa função seja ativada e você pode controlar isso pelo aplicativo do cartão no celular.

Veja também: Quem é prejudicado quando o mundo para de usar dinheiro

2. Pagamentos por smartphone

Com esta opção, você acessa o aplicativo de carteira e segura o telefone próximo ao terminal e o telefone solicitará autenticação. Esse é o procedimento normal de desbloqueio do seu telefone, seja digitando um código ou usando impressão digital ou identificação facial.

Muitos smartwatches também funcionam, desde que tenham a tecnologia necessária, chamada NFC, ou comunicação de campo próximo. Os serviços mais populares são Apple Pay, Google Pay e Samsung Pay .

Os pagamentos por telefone exigem um pouco de preparação antes de você chegar ao caixa. Primeiro, você deve inserir as informações do cartão de pagamento em seu aplicativo de carteira móvel. Em seguida, o cartão é salvo e disponível para uso.

3. Pagamento sem toque na bomba

Muitos varejistas têm aplicativos para celular que permitem que você pague pelo telefone e ignore completamente o pagamento pessoal. Nesses casos, você normalmente receberia os itens entregues ou visitaria a loja para retirada na calçada ou na loja.

Outra forma de usar um aplicativo de varejo é em grandes redes de postos de gasolina. Os aplicativos (baixe-os em uma loja de aplicativos) permitem que você identifique em qual número de bomba você está e, em seguida, autorize-o a usá-la.

Você enche o tanque com gasolina e a cobrança vai para qualquer forma de pagamento que você identificou no aplicativo do posto de gasolina.

É seguro?

Ao transferir seu próximo pagamento para o terminal de checkout de um varejista, você pode se perguntar: “O número do meu cartão de crédito será roubado?”.

A resposta não técnica é que é mais seguro do que o método antigo de passar o cartão. Isso ocorre porque o cartão ou telefone envia informações criptografadas de pagamento para o terminal, principalmente, esconde o número real do seu cartão de crédito.

Mesmo se as informações de pagamento fossem interceptadas, seriam inúteis para um ladrão.

Traduzido e adaptado por equipe Cotação Seguro

Fonte: The Street

ANÚNCIO