Qual o melhor jeito de pagar o seguro: à vista ou parcelado?

Essa é uma pergunta muito frequente que quase todo mundo faz ao renovar ou contratar um seguro. E a resposta é muito simples: Depende!

Para facilitar o nosso entendimento temos que analisar algumas possibilidades e fazer um cálculo muito simples, analisar se vale a pena parcelar um seguro ou apertar um pouco o orçamento e pagar de uma só vez com um desconto que as seguradores costumam oferecer.

Qual o melhor jeito de pagar o seguro: à vista ou parcelado?

Possibilidades

Imagine que seu seguro fique em R$ 1.280. E que esse valor possa ser pago à vista com 10% de desconto ou parcelado em 4 x no cartão ou em cheques pré-datados.

Repare que neste caso, não há entrada.

A gente fecha o acordo com a seguradora com a apólice em vigor, mas com uma carência de 30 dias para começar a pagar e efetivamente usufruir no seguro.

ANÚNCIO

Como temos 10% de desconto a vista, financiamos o restante (R$ 1.280 – 10%), que é de R$ 1.152.

Ou seja, eu posso trocar pagar R$ 1.152 à vista por pagar 4 x R$ 320 = R$ 1.280.

Repare que há juros embutido nessa conta e esse juros é de 4,35% ao mês.

Então, o que fazer?

Vamos analisar duas possibilidades!

Possibilidade 1

Você possui um dinheiro aplicado na poupança ou qualquer outra aplicação financeira.

É improvável que essa aplicação renda mais do que 1% ao mês, dessa forma, a resposta é sim!

É muito melhor pagar à vista!

Possibilidade 2

Você não tem nenhum dinheiro aplicado.

Vai pagar juros de qualquer forma, o correto é ir até um banco e verificar se as linhas de crédito oferecidos por ele é inferior a 4,35% ao mês.

Em caso afirmativo, vale a pena tomar um empréstimo e pagar à vista para a seguradora. Se for negativo, é melhor parcelar.

Geralmente, os juros de cheque especial chegam a 8% ao mês, portanto, não vale a pena entrar no cheque especial para ganhar desconto na seguradora.

Leve em conta algumas considerações

É muito importante perceber que todo tipo de investimento e a rentabilidade dessa aplicação impactam na decisão de fazer o pagamento do seguro à vista ou parcelado.

É preciso analisar quanto você vai pagar de juros caso decida parcelar, quanto terá de desconto se resolver pagar à vista, e se os juros do seu investimento são maiores do que os juros do financiamento do seguro.

Quando você optar por parcelar o seu seguro, é preciso que fique atento para não acumular parcelas de várias compras e acabar comprometendo mais do que você consegue realmente pagar todo mês.

Outra dica importante é: Se você já tem algum produto parcelado, quite este primeiro. Evite parcelar muitos produtos. Você pode ficar impossibilitado de honrar dois ou mais compromissos financeiros.

Então, se você não tem nenhum dinheiro investido, a melhor opção é pagar o seu seguro à vista, pois é impossível achar um empréstimo com juros menores do que os rendimentos de uma aplicação, seja ela poupança, tesouro direto ou ações.

ANÚNCIO