PIS e PASEP começam a ser liberados no país

Saiu o calendário de pagamento do PIS/PASEP com referência à 2019 e 2020. Isso significa que mais dinheiro extra pode entrar na conta de vários trabalhadores. Isso vem junto com o anúncio do governo que vai liberar parte do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

E para quem não sabe, o pagamento do abono salarial começou dia 25 de julho de 2019. E esse caso é referente a 2018. Além disso, os recursos ficarão disponíveis para retirada até 30 de junho de 2020. Por isso, é preciso atenção para não perder o prazo e ficar sem o dinheiro.

PIS e PASEP começam a ser liberados no país

O que é PIS e o que é PASEP

O PIS é o Programa de Integração Social. Ele é voltado para trabalhadores da iniciativa privada.  Já o PASEP, Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, é da parte pública.

Outra informação importante é que a Caixa Econômica Federal é quem faz o pagamento do PIS. Enquanto que é o Banco do Brasil que paga o PASEP aos beneficiários.

O período de saque do PIS é de acordo com a data de aniversário do trabalhador. E quem é correntista desses bancos já recebe o crédito direto na conta. Quem não é correntista pode sacar em espécie em caixas eletrônicos.

ANÚNCIO

Os valores e os requisitos

O valor do benefício do abono salarial varia de R$ 84 a R$ 998, de acordo com os meses  trabalhados no ano base 2018.

Cada mês trabalhado equivale a 1/12 de um salário mínimo no valor do benefício. E o período igual ou superior a 15 dias contará como 1 mês. Essa é a regra. Portanto, se você trabalhou durante 30 dias você vai receber 1/12 de R$ 998, o que vai dar R$ 84. Se trabalhou 2 meses, recebe R$ 167, etc.

E para ter direito ao PIS ou ao PASEP tem que ter trabalhado em 2018 com carteira assinada por pelo menos 30 dias. E ter recebido remuneração mensal de 2 salários mínimos no máximo por mês.

Além disso, tem que estar afiliado ao PIS/PASEP por no mínimo 5 anos. O empregador precisa ter informado de forma correta os dados no RAIS 2018.

O calendário do PIS/PASEP

O calendário de saque do PIS vai depender do seu aniversário. Por exemplo, se for em julho, você poderá sacar a partir de 25 de julho deste ano até 30 de junho do próximo ano.

Já quanto ao calendário do PASEP, ele varia de acordo com o último número da sua inscrição. Se terminar no número 0 você pode sacar de 25 de julho deste ano até o último dia de junho e 2020.

Outras informações do PIS e do PASEP

Agora, para saber se tem direito a receber esse benefício do PIS é só consultar o app Caixa Trabalhador ou ir no site da caixa.

Para consultar as informações, saiba que você precisa ter em mãos o número do seu PIS.

Já para saber sobre o PASEP, também precisa do número está na descrição, só que no caso, a consulta será feita na central de atendimento do Banco do Brasil.

De modo geral, outras informações estão no site do Ministério do Trabalho.

ANÚNCIO