Planejando vender sua casa na aposentadoria? Reduza os custos junto com o espaço

ANÚNCIO

Neste mercado imobiliário aquecido, considere os custos de compra e venda de uma casa junto com as despesas associadas às suas novas instalações

Buck e Starla Harrison, um casal de americanos, não planejaram reduzir o tamanho de sua casa de 32 anos no subúrbio de Seattle até que se apaixonaram pela pitoresca comunidade de Edmonds, nas águas ao norte de Seattle.

ANÚNCIO

A história deles, apesar de se passar nos EUA, pode te ensinar muito. Voltando a história… Eles olharam para algumas casas na cidade de Edmonds e perceberam que não podiam comprar lá. Depois de executar cenários hipotéticos com seu planejador financeiro, eles decidiram alugar.

Os Harrisons venderam sua casa de três quartos em cinco dias com uma oferta de preço total de $ 600.000. Depois das despesas, eles ganharam $ 550.000. Eles criaram uma conta de reserva com $ 24.000, cerca de um ano de despesas, e investiram o restante. 

O casal paga $ 2.850 em aluguel, $ 100 em serviços públicos e $ 100 em seguro de locatários mensalmente para um apartamento de dois quartos, dois banheiros com vista para o mar. No mercado de vendedores hoje, os compradores, como os Harrisons, que querem reduzir o tamanho enfrentam um grande obstáculo. Os preços das casas estão altos e o estoque está apertado.  

ANÚNCIO

As guerras de lances são comuns e é fácil pagar a mais, especialmente se você tem o dinheiro da venda de sua casa anterior queimando seu bolso. Você preservará mais de seu patrimônio seguindo estas dicas.

Planejando vender sua casa na aposentadoria? Reduza os custos junto com o espaço
Foto: (reprodução/internet)

Veja também: Como sobreviver a uma crise financeira? (11 dicas para casais)

Considere todas as despesas

Depois de examinar algumas casas, pergunte-se: “O que eu consideraria aceitável para morar pelo preço que estou disposto a pagar?” diz Colleen Ketcham, especialista sênior em imóveis em St. Paul, Minnesota. 

Não se esqueça do custo de venda da sua casa atual, incluindo atualização, reparo e montagem, bem como a comissão do corretor de imóveis, normalmente 5% a 6% do preço de venda. 

Mesmo se você pagar em dinheiro pela sua próxima casa, ainda precisará cobrir os impostos sobre a propriedade, seguro contra riscos e taxas de associação de proprietários. Além dos custos de documentação que passam facilmente alguns pares de mil reais.

Venda primeiro, depois compre

Sem uma casa para vender, você pode fazer uma oferta não contingente, preferida pelos vendedores. Você também não ficará tentado se contentar com menos do que receberia pela sua casa anterior ou precisaria fazer um empréstimo para fechar a nova. Um empréstimo é caro e pode ser difícil de conseguir.

Siga o seu plano

Defina um limite de quanto você gastará em melhorias. Lyle Benson, um planejador financeiro em Towson, Maryland, lembra de clientes que fizeram da venda de uma casa grande e cara uma parte fundamental de seu plano financeiro. Mas em vez de adicionar centenas de milhares de reais às suas economias para a aposentadoria, eles gastaram tudo reformando sua nova casa, colocando seu plano em risco.

Não subestime o custo do seu novo estilo de vida

Quando os Harrisons se mudaram, seu contador, que mora nas proximidades, disse que eles adorariam sua nova casa, mas seria melhor se acostumarem com as “contas de cartão de crédito de sete páginas” que resultam da proximidade de muitos restaurantes excelentes.

Veja também: 3 coisas que você deve considerar antes de vender sua casa por dinheiro

Traduzido e adaptado por equipe Cotação Seguro

Fonte: Kiplinger

ANÚNCIO