Por que os investidores devem escolher um consultor que seja fiduciário

O termo fiduciário tem recebido bastante destaque na imprensa nos últimos anos. Apesar disso, muitos dos clientes e clientes em potencial de um consultor podem não saber o que é um fiduciário e por que um consultor financeiro que atua como fiduciário pode ser a melhor escolha para eles.

Se você atuar como fiduciário de seus clientes, essa pode ser uma ótima opção de marketing para você. No entanto, você precisa comunicar por que isso é uma vantagem para seus clientes e clientes potenciais de uma maneira que eles possam entender facilmente.

Por que os investidores devem escolher um consultor que seja fiduciário
Foto: (reprodução/internet)

Veja também: O que fazer se você estiver ficando para trás em suas contas

O que é um fiduciário?

No contexto de ser um consultor financeiro, ser um fiduciário significa que você coloca os interesses de seus clientes em primeiro lugar.

Todo planejamento financeiro e recomendações de investimento, junto com quaisquer produtos financeiros que possam ser sugeridos para implementar essas recomendações, devem ser feitos apenas com os melhores interesses do cliente em mente.

Qualquer benefício para você ou sua empresa, como qualquer compensação recebida pelo uso de um produto financeiro em vez de outro, não deve ser considerado.

Por que isso é importante?

Muitos clientes e clientes potenciais estão mais cientes do significado de fiduciário e por que trabalhar com um consultor financeiro que atua como fiduciário com seus clientes pode ser vantajoso para eles.

Se você é um consultor fiduciário, isso é algo a enfatizar em seus materiais de marketing e em suas negociações com seus clientes. Os clientes e clientes em potencial desejam saber se seu consultor financeiro preocupa-se com seus melhores interesses.

Além disso, eles querem saber que o conselho que lhes é dado é feito exclusivamente com base no conhecimento e na experiência do seu consultor e não é influenciado por conflitos de interesses que o consultor tenha em termos de sua própria remuneração ou quaisquer restrições impostas pela sua empresa.

Se você é um consultor que atua na qualidade de fiduciário com seus clientes, isso é algo a destacar em seus esforços de marketing, em seu site e nas conversas com clientes. Não se trata de depreciar outros consultores, mas sim de destacar que tudo o que você faz em nome de seus clientes é orientado por seu papel como fiduciário.

Como os consultores fiduciários diferem

Os consultores financeiros que atuam na qualidade de fiduciários são obrigados a recomendar apenas produtos financeiros, linhas de ação e outras recomendações que se baseiem no melhor interesse de seus clientes.

Por muitos anos, a maioria dos corretores mantiveram um padrão de adequação que dizia que as recomendações aos clientes devem atender a um padrão de adequação a um cliente com perfil semelhante ao de seu cliente.

O especialista do setor financeiro Michael Kitces compara a diferença entre o padrão de adequação e o padrão fiduciário à compra de um terno. Ele diz: “Adequação significa vender um terno que cabe em você. O dever fiduciário significa que ele realmente precisa ficar bem em você também. ”

Se você é um fiduciário, isso é algo que deve comunicar aos clientes atuais e potenciais. Mas seus esforços de marketing e comunicação precisam ir muito além disso. Deixe os clientes e clientes potenciais saberem sobre sua experiência, suas credenciais, os serviços oferece, os tipos de clientes que você atende e todos os outros recursos e benefícios de sua prática.

Dê a eles uma imagem completa de quem você é e por que você é o melhor consultor financeiro para as necessidades deles.

Veja também: Novas regras para compras inteligentes na pandemia

Traduzido e adaptado por equipe Cotação Seguro

Fonte: The Street