Descubra quais os requisitos para estudar na Itália

Estudar fora do país é um diferencial que muitos brasileiros podem ter no currículo e na vida. Afinal de contas, o país é um berço da educação tradicional e conta, inclusive, com a universidade mais antiga da Europa, em Bolonha.

Agora, será que é simples viajar para a Itália para estudar em um curso de graduação? A verdade é que existem alguns requisitos e nós vamos falar sobre eles nos próximos tópicos. Aliás, cada tópico é para explicar sobre um tipo de requisito. Veja.

A conclusão do ensino médio

A primeira obrigatoriedade e saber que você tem que ter concluído o ensino fundamental e médio. O detalhe é que lá na Itália esse ciclo dura 12 anos. E se você estudou por 11 anos aqui (8 do ensino fundamental e mais 3 do ensino médio) vai ter que fazer mais 1 ano de faculdade.

Agora, se você é um aluno jovem, que já pegou o sistema novo do Brasil (que é de 9 anos no ensino fundamental) aí será ótimo porque você terá o total de 12 anos de estudo.

Os documentos no consulado italiano

A segunda parte tem a ver com a apresentação de documentos. E a maioria deles é emitido, organizado e autorizado pelo consulado italiano. Entre eles, temos a declaração de valor, que é para comprovar os estudos citados acima.

ANÚNCIO

Tem ainda a obrigatoriedade de apresentação do histórico escolar e do certificado de conclusão de curso, que devem estar com tradução juramentada. E você pode conferir mais sobre essa documentação no site do consulado.

O visto de brasileiro para estudantes

Descubra quais os requisitos para estudar na Itália

Outro requisito tem a ver com o passaporte e o visto de estudante. Se você não é cidadão europeu vai precisar desse documento também. E ele também é emitido pelo consulado italiano, mediante a apresentação de vários documentos pessoais e de comprovação.

Os principais documentos exigidos são: solicitação de visto, fotos, passaporte, comprovantes (de hospedagem, de finanças, de inscrição na universidade), além do seguro viagem. Tudo isso também pode ser acompanhado no site do consulado.

O conhecimento no idioma italiano

A maioria das faculdades cobra o nível B2 ou C1 de conhecimento em italiano. Isso porque apesar de existirem alguns cursos que possuem opções de aulas em inglês, a maioria é apenas em italiano.

Só que se você não consegue comprovar o seu grau de conhecimento, saiba que tem uma alternativa. Você pode fazer uma prova de conhecimentos na própria universidade. Se passar, obviamente, isso vale mais do que a comprovação do conhecimento.

O estudo gratuito na Itália

Para finalizar o conteúdo, saiba que muito tem se falado sobre o estudo gratuito em universidades italianas. E acredite: isso é verdade. Conforme o Ministério das Relações Exteriores da Itália há diversas bolsas de estudo para estrangeiros.

Isso acontece por meio dos programas de fomento da cultura italiana no mundo todo. As bolsas são para cobrir vários custos, como estadia e manutenção do estudante. Se você quiser saber mais, consulte o site do ministério, que está em italiano, obviamente.

ANÚNCIO