Aprenda como cuidar da saúde financeira para o nascimento de um filho não planejado

Nem sempre a gente vai conseguir estar preparado para tudo o que acontece na vida. E o nascimento de um filho é um momento de alegria, mesmo que seja sem um planejamento inicial. Por outro lado, pensar sobre isso é fundamental para evitar problemas com as dívidas.

Mas, o que é que um pai e uma mãe devem fazer ou no que deve pensar nessa hora? São várias as ideias que se pode ter, sempre pensando no bem-estar da família. De um lado, não se deve abrir da saúde, amor e bem-estar. De outro, também não se deve gastar mais do que se pode.

Por isso, uma boa ideia é considerar alguns pontos importantes que fazem parte da área financeira para esse momento da vida. Não se trata apenas de saber os gastos que se vai ter, mas também como cuidar das contas da casa e incluir os novos gastos nesse orçamento.

Os gastos que vão se somar antes do nascimento

Antes do nascimento do bebê, a família já deve estar preparada para os novos gastos que vão chegar. E olha que, por enquanto, não estamos falando da compra de fraldas ou lenços umedecidos, por exemplo.

Mas, no tempo anterior ao nascimento os gastos que se tem é com a montagem do quarto e com o enxoval de modo geral.

ANÚNCIO

Só que muito mais do que isso, também é preciso se planejar para o que está por vir. É preciso juntar dinheiro? Mais ou menos isso. O mais importante, na verdade, é não fazer contas novas e, se possível, juntar dinheiro obviamente vai ser uma ótima resposta sua.

Aprenda como cuidar da saúde financeira para o nascimento de um filho não planejado

E os gastos que vão vir após nascimento do bebê

Já após o nascimento do bebê, outros gastos vão vir e, alguns deles, são imprevisíveis, como remédios, exames, etc. E as fraldas você já sabe, o gasto inicial com elas é bem grande, sendo que na média um bebê usa 8 peças por dia.

É por isso que aquele planejamento inicial era importante ou que juntar dinheiro até o nascimento pode ser um diferencial. Mas, se não for possível, tudo bem. Agora é hora de arregaçar as mangas e fazer acontecer.

Você não deve ficar reclamando, mas lembre-se de cortar alguns gastos para incluir outros. Porque, em caso contrário, o seu orçamento não vai suportar as novas contas que vão surgir. Essa nova criação do planejamento é essencial.

Um novo orçamento financeiro

O seu novo orçamento deve ser baseado em tudo o que você julga como essencial para a sua vida e a vida de todos os integrantes da sua família. Portanto, é hora de começar do zero. E se for preciso, pense muito bem e evita aqueles gastos que não são tão importantes assim.

Você pode mudar ou diminuir o plano da TV por exemplo para começar a investir na compra de fraldas, por exemplo. Pode deixar de sair para comer pizza todo final de semana, até mesmo porque agora vai ser mais complicado e começar a comprar alimentos mais saudáveis.

Tudo vai ser uma questão de escolha. Com a diferença de que a partir de agora você terá que fazer escolhas pensando não apenas em você, mas na família e no seu bebê.

ANÚNCIO