Seguro de Cargas – 5 passos para contratar corretamente!

Você sabe o que é o seguro de cargas, para que ele serve, quem pode fazer, como contratar ou como cotar esse seguro que é focado totalmente no transporte de mercadorias?

Existem muitos empresários que precisam desse seguro para garantir que suas encomendas sejam entregues de forma segura e garantida. Por isso, a cotação de seguros de transportes é um assunto que tem sido cada vez mais importante no Brasil.

Seguro de Cargas – 5 passos para contratar corretamente!

Tanto é que grandes seguradoras começaram a investir cada vez mais nisso, como a Porto Seguro, Tokio Marine, entre outras. Entenda como funciona o seguro de cargas em 5 passos!

1 – O que é o seguro de cargas

O seguro de transporte é um serviço que é oferecido por várias seguradoras por meio de corretores de seguro, exatamente como acontece com o seguro de carros e motos. A diferença é que o corretor deve ser especializado em seguros de mercadorias.

Então, a ideia é a de que a mercadoria fique protegida durante o trajeto até a entrega final. Isso quer dizer que há segurança quanto à indenização do sinistro para reparar danos a carga.

PROPAGANDA

2 – Quem deve contratar o seguro de cargas

O seguro de cargas em transporte deve ser contratado pelos donos de mercadorias, que são os embarcadores, ou pelos transportadores.

Lembrando que são 2 tipos de seguros de cargas existentes: para acidentes com a carga (RCTR-C) e para o roubo da carga (RCF-DC), ao passo que o transportador deve possuir as 2 apólices separadamente.

3 – Como contratar o seguro de cargas

Para os embarcadores, a dica é cotar o preço do seguro nas seguradoras através dos corretores. Para isso vai ser necessário apenas o número do CNJP (Cadastro Nacional de Pessoa Física). Eles não podem ser contratados por pessoas físicas.

Já para transportadores, saiba que é totalmente obrigatório ter o registro da ANTT (Registro Nacional do Transportador Rodoviário de Carga), que tem um número definitivo.

4 – Como cotar o seguro de cargas

Na hora de cotar o seguro das cargas, o corretor de seguros vai solicitar informações importantes, que devem ser passadas verdadeiramente, como os tipos de mercadorias transportadas, por exemplo.

Além disso, ele pede a origem e o destino, valor médio do embarque, viagens por mês, sinistros em 12 meses, se já possui seguros e qual a relação de trabalho entre o motorista e a empresa.

Se ambos estiverem de acordo, basta assinar o contrato.

5 – Por que contratar o seguro de cargas

Entre os motivos de se contratar um seguro de cargas, assim como de carros ou motos ou residências está o fato de que o motorista e a empresa buscam mais segurança para com os produtos a serem entregues.

Além disso, há de se considerar que é indispensável seguir a legislação para que tudo seja entregue da melhor forma possível. Portanto, a se considerar a segurança do processo, a dica é buscar auxilio em corretores de seguros.

Atualmente, as principais empresas que fazem os seguros para cargas no Brasil são Porto Seguro, Chubb, Tokio Marine, Argo, XL, AIG, entre outras, lembrando que o contato com um corretor é demais importante para o processo.

PROPAGANDA