Posso Fazer o Seguro do Carro no Nome de Outra Pessoa?

Será que você pode fazer um seguro de automóvel mesmo não tendo um carro no seu nome? Será que você pode fazer o seguro do seu carro no nome de outra pessoa, como da sua esposa ou do seu filho? Leia essa notícia até o fim e entenda o que é permitido e o que não é na hora de assinar o contrato do seu seguro do carro.

Afinal, lá no contrato há a opção de por o nome do segurado, do proprietário e do condutor principal… Mas, o que será que isso quer dizer?

Bem, e é justamente com essa pergunta final que vamos começar a responder a pergunta feita no título desse artigo!

Vamos às definições:

  • Segurado: Pessoa que contrata a seguradora para proteger o veículo,
  • Proprietário: Pessoa que tem o nome no documento do carro, ou seja, é a dona dele,
  • Condutor Principal: É a pessoa que mais usa o carro.

Agora sim: O seguro pode ou não ser feito no nome de terceiros?

Conforme o Regime de Seguro Obrigatório de Responsabilidade civil Automóvel:

A obrigação de segurar impede sobre o proprietário do veículo, executando-se os casos de usufruto, venda com reserva de propriedade e regime de locação financeira. Se qualquer pessoa celebrar, relativamente ao veículo, o contrato de seguro que satisfaça o disposto no presente diploma, fica suprida, enquanto o contrato produzir efeitos, a obrigação das pessoas referidas no número anterior”.

Depende! Isso mesmo! Tudo vai depender da seguradora, que pode ou não aceitar que o contrato esteja no nome de quem não é dono do veículo. Dessa forma, elas podem negar a situação, mas, em lei, nada impede que o seguro seja feito em nome de terceiros.

Economize até 30% no Seguro do seu Carro com estas 7 dicas

O que acontece? De fato, é comum que as seguradoras permitam que outras pessoas, que não sejam donas do veículo, assinem o contrato do seguro, principalmente quando tem um grau de parentesco próximo ao proprietário do veículo.

É importante saber que existem várias aceitações para esse caso, conforme a legislação e administração de cada seguradora.

  • Algumas optam por aceitar que somente o dono do veículo faça o contrato do seguro,
  • Outras permitem que parentes próximos ao dono do veículo faça o contrato,
  • Tem outras que afirmam que apenas o Condutor Principal deve fazer o contrato.

O mais importante e que deve ser levado em conta é que: nunca se deve omitir ou mentir sobre tais informações. Se a seguradora descobrir que houve mentiras, elas podem fazer o pedido de indenização e, normalmente, vencem a causa.

A maioria das pessoas sabe que omitir algum condutor principal, por exemplo, deixa o seguro mais barato, porém, se houver sinistro, os dados serão postos à prova e tudo poderá ser perdido.

O aconselhável é sempre informar da forma correta sobre as 3 pessoas citadas acima: condutor, proprietário e segurado.

Quais os itens que devem ser observados na hora de contratar um seguro? Existem fatores que barateiam o valor do seguro? Os carros mais novos são mais caros? Carro blindado é mais barato? Seguro para mulher é mais barato? Se ainda tem dúvidas na hora de contratar o seguro, leia esse próximo artigo:

https://cotacaoseguro.co/seguro-carro-dicas-essenciais/

Com informações do Seguroauto