Sonhando com um Natal verde? 15 maneiras de se tornar ecologicamente correto neste Natal (2/2)

ANÚNCIO

Como já vimos, apesar do natal ser uma das épocas mais bonitas e alegres do ano, é também um dos períodos que mais lixo é produzido comparado com o restante do ano.

Para que o impacto negativo no meio ambiente seja o mínimo possível, aqui estão algumas dicas para você aproveitar o natal da maneira mais alegre e ecologicamente possível.

ANÚNCIO

Este texto é a parte 2/2 do texto completo .Se ainda não leu a parte 1/2, basta clicar no link “Veja também” logo a baixo:

Veja também: Sonhando com um Natal verde? 15 maneiras de se tornar ecologicamente correto neste Natal (1/2)

Foto: (reprodução/internet)

7. Compre localmente

Uma das maneiras mais simples de reduzir sua poluição de carbono é usar as lojas locais para você. Muitas empresas menores e independentes oferecem uma variedade de presentes de origem local, o que provavelmente os tornará mais exclusivos também.

ANÚNCIO

8. Pense bem ao comprar comida

O mesmo se aplica ao comprar alimentos, sempre tente comprar em lojas locais e mercados de agricultores, se puder. Comprar carne e vegetais orgânicos também pode ser melhor para o meio ambiente, pois nenhum pesticida prejudicial terá sido usado.

Se você estiver comprando em um supermercado, evite embalagens plásticas sempre que possível. E, claro, não se esqueça de trazer suas próprias sacolas.

9. Compre biscoitos recicláveis

As embalagens dos biscoitos geralmente são de plástico, então procure por opções recicláveis ou reutilizáveis, muitas das quais são feitas de tecido e você mesmo pode encher. Mais uma vez, varejistas online oferecem várias opções.

Como alternativa, se você estiver se sentindo corajoso, tente fazer o seu próprio. Na internet há várias dicas sobre como fazer isso

10. Beba organicamente

Quando se trata de sua bebida favorita de Natal, o álcool orgânico é o melhor. Além de diminuir o impacto de fertilizantes e pesticidas no meio ambiente, alguns dizem que também reduz as ressacas.

11. Reduza o desperdício de alimentos

O primeiro passo para reduzir o desperdício de alimentos é planejar com antecedência e comprar apenas o que você realmente precisa.

Se você acabar com muitas sobras depois do grande dia, faça o que fizer, não as jogue fora. Em vez disso, dê uma olhada em sites como o Tudo Gostoso para obter inspiração para receitas. Inclusive, há várias muito deliciosas.

12. Evite copos e talheres descartáveis

Por enquanto, não sabemos se mais de seis pessoas terão permissão para se reunir no Natal. Mas mesmo que grupos familiares maiores possam se misturar, é improvável que signifique apertar muitas pessoas ao redor da mesa de jantar, a especulação atual é de que o máximo poderia ser 12.

Mesmo assim, se descobrir que visitantes são permitidos e você está preocupado por não ter taças de champanhe ou facas e garfos suficientes, resista à tentação de comprar os descartáveis.

Em vez disso, pergunte aos convidados se eles podem trazer os seus próprios.

13. Obtenha um calendário do advento reutilizável

Hoje em dia, existem vários calendários do advento diferentes para escolher: chocolate, gin, vinho, Lego, Playmobile… a lista é longa.

Muitos deles, entretanto, contêm embalagens plásticas. Então, em vez de comprar um novo todo Natal, por que não investir em um calendário do advento de madeira reutilizável que pode ser preenchido com diferentes guloseimas a cada ano?

14. Reduza o uso de energia

Independentemente de você receber ou não visitantes durante o período de Natal, tente manter o uso de energia o mais baixo possível.

Desligue as luzes quando não estiver em uso, faça “rodadas de chá” para que o jarro não seja usado continuamente, certifique-se de que as panelas cobrem totalmente o anel do fogão e desligue o forno alguns minutos antes de terminar de cozinhar os alimentos.

15. Pense (e pense novamente) antes de comprar

Pode ser difícil resistir a comprar algo novo para a época festiva, mas adquira o hábito de pensar antes de comprar.

Pesquisa da instituição de caridade ambiental Hubbub mostrou que, no ano passado, os britânicos deveriam gastar £ 2,4 bilhões em roupas novas para o período de Natal, com o suéter de Natal sendo um dos piores exemplos de fast fashion.  

Dois em cada cinco suéteres de Natal são usados apenas uma vez durante a época festiva, mas um em cada três com menos de 35 anos compra um novo a cada ano.

A pesquisa também revelou que 95% dos pulôveres de Natal e 94% dos vestidos de festa são total ou parcialmente feitos de plástico.

A instituição de caridade recomenda voltar a vestir, trocar com amigos ou comprar em segunda mão como alternativas à compra de um novo.

Traduzido e adaptado por equipe Cotação Seguro

Fonte: Forbes

ANÚNCIO