Aprenda como trabalhar home office e evitar gastos em casa nessas 10 dicas

Há alguns anos, a atividade de trabalhar em casa tem sido a opção de escolha de muitos profissionais porque oferece vários benefícios. Porém, isso também gera alguns custos no orçamento familiar. Então, saiba como trabalhar home office e evitar gastos em casa.

Afinal de contas, o erro está em não separar os gastos da família com os gastos da empresa, né. Só que esse é só o primeiro passo. Ah, e antes que você ache que esse tipo de trabalho não vale a pena, saiba que ele gera muitas vantagens para quem faz essa boa gestão financeira.

Por exemplo, podemos destacar a praticidade de não precisar se deslocar para exercer suas funções, não estar numa sala cheia de pessoas e poder organizar seu próprio horário.

As dicas para evitar os gastos

Entretanto, existem várias armadilhas do home office, como a procrastinação e a falta de concentração na sua atividade. E isso pode lhe render um prejuízo financeiro e até a perda do emprego. Só que hoje vamos falar de outro detalhe, que tem a ver com os gastos.

Sendo assim, a nossa intenção é trazer informações relevantes para quem vai entrar nesse novo formato de trabalho, que é o de trabalhar de casa, mas quer evitar os possíveis e futuros gastos a mais que podem aparecer na conta doméstica.

ANÚNCIO

1 – O uso dos equipamentos

Para fazer a adaptação de um funcionário de uma empresa para o regime de home office é crucial que esse processo seja rápido para que não haja perda de produtividade. Além disso, também é recomendável usar as ferramentas adequadas para o trabalho.

O mesmo vale para quem vai empreender de casa. Então, comece por considerar o bom uso da internet e do computador – além de possíveis acessórios e ferramentas, como impressoras ou telefones.

2 – As formas de comunicação

Outra dica: trabalhar em casa não quer dizer se isolar do mundo e trabalhar sozinho sem comunicação, ok? Por isso, é importante discutir a melhor forma de se manter conectado.

Para isso, aqui vão alguns dos melhores exemplos: Whatsapp, Skype, Slack, Zoom, Google Hangout. Essas são opções para manter a comunicação entre todos – colaboradores, fornecedores, cliente. Então, vale o bom censo de escolher o melhor para você.

3 – As vídeos chamadas

Outra boa ideia para quem quer trabalhar home office e evitar gastos em casa é pensar na comunicação via vídeos chamadas ou conferências.

Ainda falando como se comunicar, mais especificamente na hora de reuniões, opte em fazer vídeo chamadas, pois apenas por mensagens escritas ou em áudios as pessoas podem ser mal interpretadas e gerar problemas.

4 – A otimização do tempo

Quando esse regime de trabalho for adotado é preciso administrar o tempo de forma produtiva para a sua empresa.

Portanto, considere que fazer com que o tempo online de cada um seja maior não significa necessariamente mais produção. Além de criar um desgaste desnecessário por fica esperando orientações sem ter algo efetivo para fazer nesse período. Então, foque no resultado.

5 – As reuniões breves

Outra coisa: não se alongue em reuniões. No entanto, faça-as para usar em momentos chaves, como antes de começar o trabalho para dar orientações a todos da equipe e no final do expediente, passando um panorama geral de tudo que foi tratado no dia.

Isso, além de tirar o funcionário do isolamento, mostra que ao final da última reunião, ele não precisará se preocupar com mensagens após o período de trabalho.

6 – A rotina normal

Quando estiver trabalhando em casa é imprescindível que a rotina se mantenha a mesma. Arrume seu ambiente de trabalho como se estivesse na empresa e se vista corretamente. Obviamente, não é preciso usar terno, mas também não precisa ficar de pijama.

Essa é a hora de mostrar comprometimento com a equipe e também um bom exercício para combater a preguiça – evitando a procrastinação.

7 – A qualidade de vida

Saiba que destinar alguns momentos no dia para cuidar da saúde também é importante. Até mesmo porque ficar o dia todo sentado na cadeira e não levantando para fazer algum alongamento não é legal.

Além disso, é preciso se alimentar corretamente, beber água de tempo em tempo e ter uma pausa, do mesmo jeito que teria na empresa. Isso porque negligenciar esses cuidados poder custar caro para a sua saúde.

8 – O autoconhecimento

Cada pessoa tem um pico diferente de produtividade antes de começar a cair drasticamente de produção. Então, pergunte-se qual seria a melhor dinâmica de trabalho. Isso também faz parte do contexto de trabalhar home office e evitar gastos em casa.

Porque o fato é que algumas pessoas têm mais facilidade em trabalhar logo pela manhã e na companhia de um grupo. Já outros se destacam melhor sozinhos no período da tarde enquanto ouve seu bom e velho rock. E esse é só um exemplo, ok?

9 – O happy Hour

O ambiente não precisa ser pesado e só focado no trabalho durante todo o expediente. Em alguns momentos oportunos mande fotos do almoço, conte alguma piada, faça algumas reuniões menos formais no jardim e até programe happy hour.

10 – A empatia

Essa mudança de metodologia de trabalho pode gerar alguns problemas, confusões, desentendimentos e certas dificuldades entre os envolvidos. Por isso, tenha paciência, saiba que as coisas podem ser ajeitar sem precisar brigar e dar bronca toda hora.

A adaptação pode ser mais fácil para uns e mais difíceis para outros. Até mesmo porque ninguém sabe os problemas que uma pessoa tem em casa – no entanto, isso também não deve interferir no trabalho, né.

Tudo isso ajuda mesmo a trabalhar home office e evitar gastos em casa?

Como você viu acima, temos dicas que falam de produtividade e hábitos também. Mas, isso interfere mesmo na hora de evitar gastos? Obviamente que sim. Porque tudo que tem a ver com a produção do trabalho envolve gastos.

trabalhar home office e evitar gastos
trabalhar home office e evitar gastos

Vamos supor que você faça pausas durante o trabalho – mesmo estando em casa. Isso significar parar de usar os eletrônicos nesse momento e tem a ver com o preparo do seu alimento, o que sai mais barato do que comer fora de casa. Então, sim, tem a ver com custos.

ANÚNCIO