Conheça as 3 melhores universidades no exterior para estudar finanças

Aprender em universidades respeitadas internacionais, com professores altamente qualificados, é algo que deve ser levado em conta quando se pensa em estudar fora do Brasil. Mas, nem todo mundo sabe sobre as universidades no exterior para estudar finanças.

E você, sabe? Considere que para os estudantes de finanças, esse conhecimento também é de grande valia para melhorar seu currículo. Até mesmo porque conseguir aquele emprego que sempre sonhou pode ter a ver com esse diferencial do estudado internacional.

Não obstante, você pode estar em dúvida entre quais são as melhores universidades no exterior para estudar finanças. Uma pesquisa realizada pela Ranking Universitário tem essa resposta e é isso que você vai acompanhar.

Dessa forma, vamos mostrar apenas o Top 3, de trás para a frente (até chegarmos a melhor universidade), começando do 3º até o 1º lugar. Para quem é da área, essas dicas valem ouro na hora de estudar no exterior.

3º lugar – HEC Paris

Abrindo o Top 3 de melhores universidades de finanças do mundo encontra-se a HEC (Hautes Études Commerciales), localizada na capital francesa, Paris.

ANÚNCIO

A primeira característica que a instituição oferece é ensino bem flexível para quem está com vontade de aprender finanças, aceitando candidatos que possuem diplomas em áreas em outras profissões de exatas: matemática, engenharia e física.

O curso não é muito extenso, conta com 10 meses de estudo e mesmo assim é divido em dois semestres. Assim, na primeira etapa os alunos estudarão matérias que estejam ligas a sua graduação.

Essa parte também é muito importante, pois esse é o momento onde aqueles que possuem um conhecimento muito aprofundado sobre finanças terão acesso aos primeiros conceitos sobre essa matéria.

Fazer um primeiro semestre bem fundamentando é crucial para a sequência desse curos que está entre as universidades no exterior para estudar finanças mais indicadas. Isso porque os estudantes deverão escolher quais serão suas matérias obrigatórias e aquelas que são eletivas.

As especializações!

Claro, sempre levando em consideração a finalidade e objetivo que cada pessoa busca na universidade. São oferecidas apenas duas especializações: Corporate Finance e Capital Markets. Seguidas de mais 15 eletivas no ramo.

A HEC é muito conceituada no mundo não somente pelo seu ensino de qualidade, mas também pelo excelente ambiente de estudo, que sempre busca interação entre os alunos e estimula seu crescimento.

2º lugar – Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT)

Pegando um voo direto para os Estados Unidos, encontramos nosso segundo colocado: Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).

O Instituto é extremamente renomado em distintos ramos. Entre eles podemos destacar inúmeros cursos focados em engenharias, no empreendedorismo e nas finanças, que é o que estamos procurando.

A grade curricular foi cuidadosamente criada com o intuito de auxiliar os estudantes a desenvolver nesse campo. Dessa forma, o método é uma mistura entre as teorias financeiras e exercícios que testam as capacidades práticas de cada um.

Por exemplo, a Action Learning é uma matéria que retrata bem isso. Os estudantes também devem criar projetos com empresas que são parceiras do instituto, que depois são convidadas para apreciar o final desse processo.

Partiu Ásia!

Uma coisa muito bacana é que a MIT oferece uma viagem para a Ásia. Essa é uma oportunidade ímpar para conhecer de perto um dos mercados financeiros que mais crescem no país.

É como se tivesse fazendo dois intercâmbios a preço de um, pois os estudos são nos EUA e ainda tem a regalia de cruzar o globo para desvendar alguns mistérios do mundo oriental.

1º Lugar – London Business School

O primeiríssimo lugar das universidades no exterior para estudar finanças vai para a London Business School, na Inglaterra. Ela disponibiliza para os interessados duas formas de mestrado, que são diferenciados pelo tempo de estudo.

Full-time é uma opção mais curta, que tem entre 10 a 16 meses de duração. Já o part-time é finalizado em 22 meses.

A primeira grande vantagem dessa instituição é a sua localização privilegiada. Londres é muito famosa pela sua grande atuação no mercado financeiro.

Para você entender a força da London Business School, 96% dos diplomados na instituição não passam mais de três meses mandando currículo para achar um emprego. O prestígio é enorme.

Leia Também:

As áreas de estudo!

A instituição oferece quatro áreas distintas para quem pretende estudar lá: As Gestões de Análise de Investimento e a de Risco e Derivativos, Finanças Corporativas e CFO.

O método de ensino aplicado oferece aos estudantes aprendizado aos primórdios das finanças, mas também conteúdos muito interessantes que visam o aperfeiçoamento de conteúdos que criam uma trajetória profissional.

A matéria Personal Assessment and Development é um bom exemplo desse conteúdo de aperfeiçoamento.

Nas aulas, os estudantes são instigados a fazer avaliações seus pontos fortes e fracos, para assim, conseguir vislumbrar como será sua carreira e montar um bom plano para ela.

Os cursos de pós-graduação

universidades no exterior para estudar finanças

Se você notou, as opções acima são para quem quer se especializar no assunto das finanças. Isso porque o Brasil mesmo oferece diversas opções de graduações de excelência para quem quer estudar essa área. Inclusive, não tem uma faculdade que se chama finanças.

Porém, existem aquelas que tratam do assunto. Por exemplo, você pode optar por fazer administração de empresas, ciências contábeis, gestão financeira, ciências econômicas ou mesmo engenharia de produção, além de outras que remete ao assunto das finanças.

Depois disso, você pode se especializar em finanças no exterior, através das 3 faculdades citadas durante o conteúdo. Essa especialização poderá ser em outras categorias também, como finanças pessoais, de empresa, de gestão, etc.

ANÚNCIO