Veja os 5 cuidados que se deve ter ao usar cartão de crédito em outros países

Em uma viagem para outro país, seja para passeio ou trabalho, um dos métodos mais usados pelos brasileiros para fazer suas compras ou alguma transação é o cartão de crédito. No entanto, usar cartão de crédito em outros países exige muita atenção.

Os motivos são muitos como a segurança de não precisar andar com dinheiro na carteira, a praticidade e rapidez para fazer os pagamentos. Contudo, você precisa tomar certos cuidados, para evitar alguns problemas e não acabar prejudicando a sua viagem.

Pensando nessas situações chatas e incômodas, que podem surgir na sua viagem, criamos esse artigo sobre os cuidados que se deve ter ao usar cartão de crédito em outros países. Confira as dicas, que são provenientes de especialistas e estudiosos em viagens.

1 – Prudência e pesquisa

Antes mesmo de ir para outro país o ideal é você já começar a anotar qualquer porcentagem que seja cobrada toda vez que utilizar seu cartão de crédito, independente dele ser pré-pago ou tradicional.

Faça também uma pesquisa e descubra quanto será cobrado de IOF em cada transação que efetuar. Além disso, confirme se existem impostos nas compras que pretende fazer.

ANÚNCIO

Outra coisa que você deve ficar de olho são os próprios juros e tarifas do banco, se por algum motivo for preciso fazer saques no país que estiver.

Fique esperto também com o câmbio. Os cartões de crédito utilizam a cotação do câmbio comercial. Entretanto, existem pequenas diferenças em cada instituição financeira se comparadas com a cotação que é apresentada pelo Banco Central.

E isso acaba pegando muita gente distraída e gastando mais do que tinha em mente.

2 – Golpes internacionais

Ao se fazer uma viagem para outro país não cometa o erro de depender de ter apenas uma forma de pagamento. Obviamente, o recomendável é que você esteja munido de outras opções.

Pois não é segredo para ninguém que todo o meio que se faz compras existe algum tipo de fraude ou golpe com cartões. Os golpes que acontecem em outros países não acontecem somente no ato de comprar algo, existem muitos exemplos, assim como ocorre aquilo Brasil.

Dessa forma, se você desconfiar que ao fazer alguma transação com seu cartão o local ou a pessoa não são cofiáveis, nunca compre lá. Essa é um dos melhores cuidados ao se usar cartão de crédito em outros países.

Um desses golpes que estão se tornando muito frequentes são aqueles que acontecem através de ligações durante a madrugada em quartos de hotel.

Assim, o golpista se identifica como um funcionário do local que trabalha na recepção. Ele alega ter problemas nos computadores e pede informações do seu cartão de crédito. Dessa forma, nunca passe seus dados nesses lugares públicos.

3 – Informe o seu banco

Mais uma dica interessante é: faça contato com as emissoras de cartão que você utiliza. Aliás, isso tem que ser feito quando ainda estiver no Brasil.

É importante que eles saibam que está fora do país, pois podem verificar transações que estão fora dos seus padrões de compra e congelar sua conta.

Veja os 5 cuidados que se deve ter ao usar cartão de crédito em outros países

Isso pode lhe gerar um problemão. Mas, por que isso pode dar dor de cabeça? Pois em alguns casos o descongelamento pode levar dias, especialmente se você não seguiu a dica anterior de não levar outras formas para fazer suas compras.

Caso tenha alguma dúvida sobre seu cartão, o número da Central de Atendimento está do lado de trás do seu produto. Inclusive, a ligação é gratuita. Mas, se você estiver fora do país, pode ser mais conveniente entrar em contato pelos meios digitais.

4 – Atenção com o chip

Os cartões mais modernos já vêm com chip que serve como uma segurança a mais para sua conta e para o seu dinheiro. No entanto, existe um problema a ser evitado: vários países ainda não aderiram a essa modernidade. O que pode ser um problema para você.

O que acontece muitas vezes é que alguns sistemas fazem uso da combinação que existe entre a tarja magnética e senha d o cartão, para que ele possa ser utilizado. O problema é que isso pode ser pode ser muito ruim, pois a tarja é muito mais suscetível a clonagem.

Aprenda como simular o seguro viagem da Caixa Seguradora

Inclusive, saiba que o chip também pode ser clonado, só que é um pouco mais difícil. A dica nesses casos é ser muito observador. Verifique se o local que pretende comprar algo é movimentado, se a pessoa que está tentando lhe vender algo parece ser confiável.

Na dúvida, compre no dinheiro mesmo. Aliás, essa é uma boa observação: sempre tenha algumas notas em espécie no bolso para evitar esse tipo de situação.

5 – A perda do cartão

Perder ou estragar seu cartão é sempre algo que você deve e precisa evitar. Ainda mais em outros países, já que pode ser pior ainda para reaver o prejuízo. Já pensou ter que pedir uma segunda via do exterior? Qual endereço você vai colocar? Complicado, né.

A dica que lhe damos é que se você estiver com medo de algo assim acontecer, você pode solicitar um segundo cartão antes da viagem.

Faço o pedido de um cartão adicional com bandeira diferente daquela que você normalmente usa. Caso o seu cartão seja da Visa, solicite um da MasterCard e vice-versa, se for o caso.

Dessa forma, você possuirá um cartão de crédito reserva que não tenha custos a mais e se acontecer de não encontrar ou avariar seu cartão, terá outro para usar. Apenas notifique o custo desse novo pedido, que pode variar de emissor para emissor.

ANÚNCIO